em ,

“Rogue One” não terá a tradicional abertura da série Star Wars

Está confirmado. “Rogue One: Uma História Star Wars” não abrirá com o tradicional texto à La Flash Gordon contextualizando a trama. A decisão da Lucasfilm faz sentido, pois trata-se de um derivado e não de um episódio regular da saga. Mesmo assim, muitos fãs não gostaram da ideia de ter um filme de Star Wars iniciado sem o imponente tema de John Williams.

Contudo, a presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy explicou recentemente que “Rogue One” foi concebido como uma aventura em estilo Segunda Guerra Mundial, e a abertura tradicional vista nos episódios I a VII não parecia ser apropriada. “Sentimos que isso é muito indicativo dos filmes da saga”, disse ela. “Inicialmente, nós provavelmente começaremos o filme de uma maneira tradicional, apenas com o título”.

Um fã em particular ficou tão descontente que criou a sua própria abertura de “Rogue One” no estilo clássico da saga. Assista abaixo:

A sinopse do filme divulgada pela Disney diz: “Em um período de conflito, um grupo de heróis improváveis se reúne em uma missão para roubar os planos da Estrela da Morte, a arma de destruição definitiva do Império. Esse evento chave na linha do tempo de Star Wars aproxima pessoas comuns que escolheram fazer coisas extraordinárias e que, ao fazê-las, tonaram-se parte de algo maior do que elas mesmas”

A direção fica a cargo de Gareth Edwards (Godzilla). Chris Weitz (FormiguinhaZ) assina o roteiro em cima do argumento de John Knoll e Gary Witta (Livro de Eli e Depois da Terra). No elenco, Felicity Jones (Jyn Erso), Diego Luna (Capitão Cassian Andor), Donnie Yen (Chirrut Imwe), Jiang Wen (Baze Malbus), Riz Ahmed (Bohdi Rook), Alan Tudyk (K 2SO), Mads Mikkelsen (Galen Erso), Ben Mendelsohn (Diretor Orson Krennic) e Forest Whitaker (Saw Gerrera). O filme tem data de estreia prevista para 15 de dezembro.

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Cesar Monteiro