Sean Penn vai à Ucrânia para filmar documentário sobre o conflito com a Rússia

52
0

Sean Penn chegou à Ucrânia para documentar o ataque russo. Segundo as informações da Newsweek (via site Omelete), o ator norte-americano de 61 anos desembarcou na capital do país do leste Europeu, Kiev, que sofreu bombardeios nessa madrugada.

Autoridades locais comunicaram: “Penn visitou o Gabinete do Presidente e conversou com a vice-primeira-ministra Iryna Vereshchuk, bem como jornalistas locais e membros das forças armadas ucranianas”.

Penn foi recebido pelo presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, que publicou o encontro nos Stories de seu Instagram.

“O diretor veio especialmente a Kiev para registrar todos os eventos que estão acontecendo atualmente na Ucrânia e dizer ao mundo a verdade sobre a invasão russa a nosso país. Sean Penn está entre aqueles que apoiam a Ucrânia hoje. Nosso país está grato a ele por essa demonstração de coragem e honestidade”, informou o governo ucraniano.

Em sua página do Facebook, Zelensky declarou: “Sean Penn prova ter a coragem que falta a muitos outros, especialmente aos políticos ocidentais. Quanto mais pessoas assim, reais amigos da Ucrânia, apoiarem a luta pela liberdade, mais cedo será possível parar o ataque maciço da Rússia” (via UOL).

Penn é conhecido por ações em causas humanitárias e políticas, incluindo a criação de uma organização sem fins lucrativos em ao Haiti, quando o país sofreu com os terremotos de 2010.

Sua ONG se comprometeu a ajudar no combate à Covid-19 no Brasil, com um investimento de R$10 milhões para a compra de testes e kits de intubação no Rio de Janeiro.

O ator já havia ido à Ucrânia no final de 2021, para iniciar o documentário, produzido pela Vice Studios em parceria com Vice World News e Endeavor Content.

O filme mais recente de Sean Penn como ator é “Licorice Pizza”, de Paul Thomas Anderson, que concorre ao Oscar de Melhor Filme.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *