em ,

Concerto para João

Inspirada na vida do pianista e maestro João Carlos Martins

Se é que existem espectros do gênio seria humano e tangível a virtuose do homem que construiu sua arte no divino.
Os vinhos aos franceses a poesia, música e filosofia aos alemães.
A garantia de glorificar um espectro, como Bach e seu computador emocional de composição de partituras.
Estamos em Concerto para João. Um pianista quem tem tendinite porém grave e sua cirurgia é nos nervos do cérebro. O local de intervenção cirúrgica é em Miami logo após um concerto que durante o processo de manipulação do seu cérebro, ele em estado de alerta têm um apagão. Com prescrição médica é possível que ele tenha tontura e neste momento ele sonhou, com o espectro que deixou escrito na partitura “Glória somente a Deus” em latim e com uma bela moça que lhe sentia as mãos.
O médico falava da ressurreição diante das várias mortes de João devido à complicação na tendinite. Entre dois homens, o tangível e humano e a virtuose divina; um abismo; também entre o homem e a mulher com um vínculo pela compaixão.
Contratempos de apresentação no Carnegie Hall, 300 cadeiras extras e a permissão ao músico. Qualquer assunto desta natureza era terceirizado ao encarregado.
A dor solitária do pianista e ficar de costas para o mundo com a viabilidade de seu trabalho degenerada. Completar a frase com Deus, era silêncio. Queria seu cérebro uma caixinha de música para ter reflexo ou esperança na arte de ser pianista.
O sonho que se desesperara a mulher o socorreu: uma carruagem que o chamava. Quando lhe contou que sonhara com o maestro Eleazar de Carvalho sua mulher personificou a matéria de especialidade de Freud ao chamado da hierarquia de maestro para pianista. Representou o poder de uma leoa que ao seus cabelos compridos de maestro por quem a figura de uma mulher sente tesão. Reiventou-se com Felicidade. “Disciplina de um atleta e alma de um poeta.
Muitos obstáculos no percalço mas a maestria dos atores, direção e texto costuraram uma história de um brasileiro, empenhado e o gênio do reconhecimento internacional com debilidade fez sua grande campanha no Brasil com a Bachianas e o apelo popular. Muito bonito saber que esta pessoa está entre nós numa história de motivação no caminho. Concerto para João traz humor, sacanagem e a idéia de virtuose na fala de que “a música é sempre mais”.

Concerto para João | Críticas | Revista Ambrosia

Concerto para João
Texto: Sérgio Roveri
Direção: Cassio Scapin
Elenco: Rodrigo Pandolfo, Michelle Boesche, Ando Camargo e Duda Mamberti.

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Renata Bar Kusano