em ,

Creme do Céu volta ao palco do Teatro Petra Gold

A queda acidental de uma estrela na Terra é o ponto de partida de Creme do Céu, que volta aos palcos em 23/11, no Teatro Petra Gold.

Criado originalmente em 2017, na França, pelo Grupo Tápias, o espetáculo infantil reúne dança, teatro e videoarte e retorna à capital carioca para uma temporada de um mês.

Nesta versão brasileira, o elenco é formado pela coreógrafa e bailarina Flávia Tápias, o bailarino e ator circense Guilheme Gomes, a atriz Paula Braun e as bailarinas Renata Versiani e Luciana Ponso (que substitui Flávia em algumas apresentações). A realização é do Espaço Tápias.

O texto, escrito originalmente por Rosane Alves, conta as aventuras de uma estrela curiosa que cai no planeta Terra e precisa encontrar uma forma de voltar ao céu. Para isso, conta com a ajuda de um adolescente, uma astrônoma e sua aprendiz. Enquanto buscam alternativas para o retorno da estrela, os quatro explicam o que é o Sistema Solar e as características de seus planetas de forma lúdica e divertida.

O cenário tem como base a videoarte, projetada em grande formato no ciclorama do teatro. Os vídeos são assinados pela artista plástica francesa Eva Clouard – com exceção do vídeo de abertura, de Marcio Schwartz –, e criam espaços interativos dentro do palco, com a ajuda da iluminação de Paulo César Medeiros.

“Em determinados momentos, esses espaços se misturam com a plateia, que se sente literalmente em meio às estrelas”, adianta Flávia Tápias, que além de atuar, assina com Giselle Tápias a direção artística, as coreografias e a adaptação do texto.

Objetos cênicos – como uma lira circense e um colchão – são aproveitados de diversas formas durante o espetáculo para ajudar a contar a história. Os figurinos e adereços de Ney Madeira reforçam a carga poética do espetáculo para as crianças, a partir do impacto visual e das cores vibrantes.

“As crianças de hoje são muito antenadas e capazes de processar informações técnicas ou científicas com facilidade e naturalidade. A ideia de misturar dança e teatro é divertir e informar sobre um tema atual, ainda que de maneira lúdica, com fantasia e encantamento”, resume a diretora e coreógrafa Giselle Tápias.

Ficha técnica

Creme do Céu
Direção artística: Giselle Tápias e Flávia Tápias
Texto original: Rosane Alves
Adaptação de texto: Flávia Tápias, Giselle Tápias e Letícia Kaminski
Coreografias: Flávia Tápias e Giselle Tápias
Colaboração Artística e Direção de Ator: Letícia Kaminski
Elenco:
Flávia Tápias ou Luciana Ponso (Estrela)
Guilherme Gomes (Menino)
Paula Braun (Astrônoma)
Renata Versiani (Aprendiz)
Direção de Produção: Espaço Tápias
Produção Executiva: Sonia Reinstein
Criação de Vídeos: Eva Clouard
Criação e edição do vídeo de abertura: Márcio Schwartz
Criação de luz: Paulo César Medeiros
Operação de luz: Welton Formiga
Criação dos Figurinos e Adereços: Espetacular Produções e Arte – Ney Madeira e Dani Vidal
Costura: Mara Mello
Adereços: Cláudia Taylor
Visagismo: Carolina Campanha
Programação Visual: Leticia Andrade
Realização: Espaço Tápias / Grupo Tápias
Coprodução: Les Bords de Scenes (Athis-Mons, Juvisy-sur-orge, Morangis) l DRAC – Paris
Dança em Trânsito – Brasil
Apoio:
Les Recollet /França
Rencontre Essonne Dans/França
Referência em Artes/ Brasil

Serviço

Estreia: 23 de novembro
Temporada: 23 de novembro a 22 de dezembro (exceto dia 15/12)
Dias e horários: sábados e domingos, às 11h
Local: Teatro Petra Gold
Endereço: R. Conde Bernadotte, 26 – Leblon
Tel: 21 2529-7700
Lotação: 404 lugares
Duração: 60 minutos
Ingressos: R$ 50 (inteira) / R$ 25 (meia entrada)
Bilheteria: seg a sex, de 13h às 21h e sáb e dom das 10h até o início da última apr.
Vendas online: Sympla
Classificação etária: livre
Crédito das fotos: Luciana Ponso

O Grupo Tápias é uma companhia de dança contemporânea com atuação no Brasil e no exterior, que conta com parcerias para a coprodução de alguns dos seus espetáculos, tanto no Brasil como na França. Como a coreógrafa Flávia Tápias foi artista residente no Les Bords de Scènes no ano de 2017, Creme do Céu é uma coprodução do Les Bords de Scènes com apoio do DRAC Paris e do Centro Les Récollets, que fez sua estreia nos dias 04 e 05 de março de 2017, na França, dentro da programação do Rencontres Essonne Danse.

Deixe sua opinião

Stabat Mater faz nova temporada em São Paulo

Pokemon Sword and Pokemon Shield ganha trailer de lançamento