em ,

Minha mãe não me deixa ler Alan Moore – Serviço de atendimento ao lombadeiro

Minha mãe não me deixa ler Alan Moore – Serviço de atendimento ao lombadeiro no canal 2Quadrinhos!

Alan Moore?

Alan Moore (Northampton, 18 de novembro de 1953) é um escritor britânico conhecido principalmente por seu trabalho em histórias em quadrinhos, incluindo obras que foram adaptadas para o cinema como Watchmen, V de Vingança e Do Inferno. Freqüentemente descrito como o melhor escritor de quadrinhos de toda história, ele também já foi descrito como um dos escritores britânicos mais importantes dos últimos cinquenta anos. Moore ocasionalmente usa pseudônimos como Curt Vile, Jill de Ray, Translucia Baboon e The Original Writer.

Alan Moore começou a adquirir notoriedade nos anos 1980 com as séries V de Vingança e Marvelman, ambas publicadas na revista britânica Warrior. Mais tarde, o autor ficou conhecido no mercado americano quando se tornou roteirista da série Monstro do Pântano para a DC Comics. Pela mesma editora, Moore publicou os quadrinhos A Piada Mortal e Watchmen. Este último ganhou diversos prêmios, como o Eisner e o Hugo. No final dos anos 1980, por questões de direitos autorais, o autor rompeu com a DC Comics e se distanciou dos quadrinhos mainstream. Durante esta época, ele publicou HQs independentes pelo seu próprio selo, Mad Love, e pela editora Image Comics.

Além de roteirista, Alan Moore também é romancista, tendo publicado dois romances: A Voz do Fogo e Jerusalém.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

40 opinaram!

Deixe sua opinião!
  1. Achei um site que a queda de mudock e várias mensais atuais. Eu compro ou leio as que tiverem disponíveis????? Tipo guerra civil 2 compro ou leio de graça??????? Sério tenho 14 vivo de mesada mas da vontade de ter na prateleira. Ainda tenho que escolher entrer funkos pops ou quadrinhos me ajuda!!!!!!!!!!!!

  2. Ah, eu sou igual o Claiton: se não quero mais as HQs/livros, dou para os outros, para a caridade, sem problema… Mas não empresto. Um aluno me pediu uns quadrinhos emprestados em sala de aula outro dia, saiu decepcionado.

  3. Eu emprestava muito quadrinho antigamente. QUASE TUDO voltava danificado, isso quando voltava. Várias coleções ficaram desfalcadas, algumas em péssimo estado, outras com páginas manchadas por causa de bebida/comida, amassada, dobrada, descolando, marcas de escrita nas capas das edições… depois eu cansei e simplesmente parei de emprestar. As pessoas só cuidam das coisas quando o dinheiro sai do bolso delas, do contrário é descaso total.

  4. Colecionador é foda, ri e me lembrei de vários problemas semelhantes. Agora minha dúvida é que sou fã de encadernado capa dura, por causa disso perdi Miracleman(doeu quando mencionou), devo esperar Sr Milagre em capa dura? Os Novos Deuses compro da Eaglemoss ou aquela edição de capa encartonada da Panini?

  5. Uma coisa que percebo nas pessoas hoje em dia é a tara em comprar o quadrinho na hora que sai, pegando tudo que se destaca e encostando num canto depois. Parece que o importante é postar foto do gibi e marcar meia dúzia de nomes. Outro dia vi uma foto no Instagram de um colecionador exibindo orgulhoso sua "estante PN". O detalhe é que estava quase tudo embalado! Quem visse percebia ser ainda aquele plástico que vem o produto, não aquele que alguns compram pra prservar depois. Qual o sentido disso?

  6. 7:40 eu não consigo ler em ônibus ou mesmo em carro em movimento, me dá enjoo… Quando faço viagens mais longas, preciso baixar séries "dubladas" no celular, pq não consigo assistir e ler as legendas sem passar mal.

  7. Eu tenho uma duvida , eu achei pessoalmente em um sebo a coleção completa das mensais da vertigo ( 51 edições ) por 400 reais , o que vocês acham ? vale a pena ?

    Obs : Essas 51 edições copilam as seguintes hqs : hellblazer , vinkings , punk rock jesus , vampiro americano , escalpo e etc . A unica diferença é que o quadrinho é papel jornal . Eae pessoal vale a pena por 400 reais ? fico muito grato pela ajuda !

  8. aconteceu mês passado, emprestei o volume 1 da saga do monstro do pântano pra um amigo e quando me devolveu a hq parecia q um caminhão tinha passado por cima, além disso o cara vem e me fala q não gostou, sabe quando bou emprestar de novo ? NUNCA kkkk.

  9. Os vídeos de vocês todos juntos são bem divertidos, mas tenho que confessar que muitas vezes não entendo o que vocês falam. Sou cearense e até já namorei uma gaúcha, mas quando vocês falam rápido e/ou ao mesmo tempo, não consigo compreender. Até volto o vídeo, mas tem coisas que ainda perco. Desculpe ser chato, mas gostaria um dia de aproveitar 100% de um de seus vídeos.

  10. Fazer sexo com uma planta é mais normal que fazer sexo com bocado de plástico.
    A planta está viva, tem sentimentos, bebe água e vinho (se o meteres lá). O dildo é um dildo – se bem que o Alan Moore poderia estar a Saga do Monstro do Dildo e virar um clássico.

  11. Não gosto de emprestar quadrinhos tbm. Pra meu alívio acho que sou o único colecionador da cidade, e pra minha tristeza tbm! Nem banca tem, na vdd tem banca apenas uma, só não chega quadrinhos e aí tenho que ir na cidade vizinha pra comprar!

  12. Ah, eu tenho um problema que considero muito sério! Não consigo ficar com um quadrinho com um simples amassado. Se chegar com um amassadinho, eu troco. Se a página amarelar com o tempo, eu compro novos. O que fazer?

Deixe sua opinião

A luta de anime que surpreendeu todo mundo

Beastie Boys apresentam remixes raros e inéditos, do álbum “Paul´s Boutique”