CCBB SP exibe “El Camino – Cinema de viagem da América do Sul”

43
0

De quarta 12 de junho até 7 de agosto o CCBB S. Paulo exibe a mostra inédita “El Camino – Cinema de viagem da América do Sul”. Com entrada gratuita, a mostra traz um apanhado histórico de road movies realizados na América do Sul, desde a década de 1960 até os dias atuais, além de uma oficina presencial e um catálogo online.

A programação reúne 19 filmes de nove países: Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Peru, Bolívia, Chile, Colômbia e Venezuela, de importantes diretores como Helena Solberg, Miguel Littin, Aline Motta, Jorge Sanjinés, Walter Lima Jr, Nelson Pereira dos Santos, Fernando Solanas, Lucrecia Martel, entre outros.

Na programação filmes como Vidas Secas, Iracema – uma transa amazônica (Brasil), Os Inundados (Argentina), Os vampiros da miséria (Colômbia) e A dupla jornada (Brasil), Noites Paraguayas (Brasil/Paraguai), A nação clandestina (Bolívia), A terra prometida (Chile), Pachamama (Brasil/Bolívia/Peru) e Carlos: cine-retrato de um andarilho em Montevidéu (Uruguai), Brasil Ano 2000, Sonhos de gelo (Chile), A viagem (Argentina), As filhas do fogo (Argentina), Serras da Desordem, Tava – a casa de pedra (Brasil), Zama (Argentina), NoirBlue e (Outros) fundamentos (Brasil), entre outros.

A abertura acontece no dia 12 de julho, quarta, às 17h, com a apresentação da mostra pelos curadores Carla Italiano e Leonardo Amaral – seguida do filme de abertura Noites Paraguayas (1982), de Aloysio Raulino.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA CCBB São Paulo

El Camino – Cinema de Viagem da América do Sul

12 de julho a 07 de agosto 2023

Quarta – 12/07

17h [Abertura] Noites Paraguayas (90′, Aloysio Raulino, 1982, Brasil/Paraguai) | 14 anos

*Com apresentação da curadoria por Carla Italiano e Leonardo Amaral

Quinta- 13/07

17h Os Vampiros da Miséria (29′, Luis Ospina, Carlos Mayolo, 1978, Colômbia) | 14 anos

Sonhos de Gelo (58′, Ignacio Agüero, 1993, Chile) | 14 anos

Sexta – 14/07

17h (Outros) Fundamentos (16′, Aline Motta, 2019, Brasil) | 10 anos

NoirBlue – Deslocamentos de uma dança (27′, Ana Pi, 2018, Brasil) | 12 anos

A Dupla Jornada (53′, Helena Solberg, 1975, Arg/Bol/Mex//Ven) | 12 anos

Sábado – 15/07

15h A Nação Clandestina (128′, Jorge Sanjinés, 1989, Bolívia) | 12 anos

Domingo – 16/07

14h Serras da Desordem (135′, Andrea Tonacci, 2006, Brasil) | 14 anos

Segunda – 17/07

17h A Terra Prometida (120′, Miguel Littin, 1973, Chile) | 12 anos

**

Quarta – 19/07

17h Vidas Secas (115′, Nelson Pereira dos Santos, 1963, Brasil) | 10 anos

Quinta – 20/07

17h30 Carlos: Cine-retrato de um andarilho em Montevidéu (31′, Mario Handler, 1967, Uruguai) | 12 anos

Os Vampiros da Miséria (29′, Luis Ospina, Carlos Mayolo, 1978, Colômbia) | 14 anos

Sexta – 21/07

16h30 Brasil Ano 2000 (95′, Walter Lima Jr., 1969, Brasil) | 14 anos

Sábado – 22/07

13h30 Oficina “Outras viagens ao país do povo: deslocamentos estético-políticos no cinema latino-americano” com Victor Guimarães (professor e pesquisador) | Livre

Necessária a inscrição prévia em www.anacoluto.art/elcamino

Domingo- 23/07

11h Os Inundados (87′, Fernando Birri, 1961, Argentina) | 10 anos

14h30 Noites Paraguayas (90′, Aloysio Raulino, 1982, Brasil/Paraguai) | 14 anos

Segunda – 24/07

17h (Outros) Fundamentos (16′, Aline Motta, 2019, Brasil) | 10 anos

NoirBlue – Deslocamentos de uma dança (27′, Ana Pi, 2018, Brasil) | Livre

A Dupla Jornada (53′, Helena Solberg, 1975, Arg/Bol/Mex//Ven) | 12 anos

[Acessibilidade: legendas descritivas]

**

Quarta – 26/07

17h Iracema – Uma Transa Amazônica (Jorge Bodanzky, Orlando Senna, 91′, 1975, Brasil) | 16 anos

Quinta – 27/07

17h Os Inundados (87′, Fernando Birri, 1961, Argentina) | 10 anos

Sexta – 28/07

16h A Viagem (136′, Fernando Solanas, 1992, Argentina) | 12 anos

*Seguido de debate com o crítico e pesquisador João Toledo

Sábado – 29/07

11h Tava, a casa de pedra (78′, Ariel Duarte Ortega, Patrícia Ferreira Pará Yxapy, Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho, 2012, Brasil) | 10 anos

14h30 Zama (115′, Lucrecia Martel, 2017, Argentina) | 14 anos

Domingo – 30/07

14h30 A Nação Clandestina (128′, Jorge Sanjinés, 1989, Bolívia) | 12 anos

Segunda – 31/07

17h Iracema – Uma Transa Amazônica (Jorge Bodanzky, Orlando Senna, 91′, 1975, Brasil) | 16 anos

**

Quarta – 02/08

17h As Filhas do Fogo (115′, Albertina Carri, 2019, Argentina) | 18 anos

Quinta – 03/08

16h A Viagem (136′, Fernando Solanas, 1992, Argentina) | 12 anos

Sexta – 04/08

16h30 Pachamama (94′, Erik Rocha, 2008, Brasil/Bolívia/Peru) | 10 anos

Sábado – 05/08

15h A Terra Prometida (120′, Miguel Littin, 1973, Chile) | 12 anos

Domingo – 06/08

14h Vidas Secas (115′, Nelson Pereira dos Santos, 1963, Brasil) | 10 anos

Segunda – 07/08

17h Tava, a casa de pedra (78′, Ariel Duarte Ortega, Patrícia Ferreira Pará Yxapy, Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho, 2012, Brasil) | 10 anos

ATIVIDADES PARALELAS

Quarta-feira – 12/07, às 17h

Apresentação da mostra pelos curadores Carla Italiano e Leonardo Amaral – seguida do filme de abertura Noites Paraguayas (1982)

Sábado – 15/07, às 15h

Apresentação de A Nação Clandestina pela montadora e cineasta Cristina Amaral

Sábado – 22/07 das 13h30 às 17h

Oficina: “Outras viagens ao país do povo: deslocamentos estético-políticos no cinema latino-americano” | Livre

Ministrante: Victor Guimarães (professor e pesquisador)

[Inscrições prévias em www.anacoluto.art/elcamino]

Sexta-feira – 28/07, às 16h

Sessão comentada: exibição de A Viagem (1992) seguida de debate com o crítico e pesquisador João Toledo

[Acessibilidade: LIBRAS]

SERVIÇO:

Mostra “El Camino – Cinema de Viagem da América do Sul”
Local: Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo
Período: 12 de julho a 7 de agosto de 2023.
Ingressos gratuitos: Disponíveis a partir de 07/jul no site bb.com.br/cultura e na bilheteria
Classificação indicativa: De acordo com cada filme, verificar em bb.com.br/cultura
Endereço: Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico, São Paulo – SP
Funcionamento: Aberto todos os dias, das 9h às 20h, exceto às terças

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *