Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

Espetáculo Fados e outros afins é apresentado na Oficina Cultural Oswald de Andrade

Mariana Muniz reestreia o espetáculo solo Fados e Outros Afins, sete anos após sua estreia. Com direção de Maria Thaís, Mariana fez uma imersão em suas origens de brasileira e nordestina, numa dramaturgia, concebida a partir de seu corpo, como uma viagem poética de Lisboa a Recife, em um encontro de duas mulheres referências no Teatro e na Dança.

Na criação e composição do solo, Maria Thaís e Mariana Muniz exploram o hibridismo de linguagens artísticas da dança e do teatro, que servem à ampliação dos limites das conexões entre questões cênicas, coreográficas, dramatúrgicas, visuais e performáticas.

Assim como em trabalhos anteriores, Muniz dá continuidade ao processo de investigação das relações entre o pensamento e corpo | gesto, em dança e teatro. A dramaturgia do espetáculo é tratada como uma teia que engloba as ações físicas da atriz-bailarina (como o texto se torna corpo), suas ações vocais (musicalidade no texto e com o texto; a palavra como música e concretização da voz no espaço), trilha sonora (Divanir Gattamorta), cenografia de (Cláudio Gimenez, que também assina a assistência de direção), iluminação (Aline Santini), figurino (Chris Aizner) e a relação entre eles.

Nesta nova etapa, Mariana retorna a sala de ensaio para revisitar o trabalho, através do projeto Das Tripas Coração, contemplado na 33ª Edição do Fomento à Dança para a cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura.

Sinopse
Um mergulho nas águas, paisagens e palavras luso-brasileiras e um convite à escuta dos fados portugueses e cantores brasileiros. Com Fados e Outros Afins a bailarina e atriz Mariana Muniz, sob a direção de Maria Thaís, faz uma imersão em suas origens de brasileira e nordestina, numa dramaturgia, concebida a partir de seu corpo, como uma viagem poética de Lisboa a Recife.

Ficha Técnica
Direção geral e Bailarina: Mariana Muniz
Direção Artística: Maria Thaís
Assistente de Direção, Cenografia e Fotos: Cláudio Gimenez
Dramaturgia: Murilo de Paula e Carlos Avelino de Arruda Camargo
Trilha sonora: Divanir Gattamorta
Figurinista: Chris Aizner
Desenho de luz: Aline Santini
Cenografia: Julio Dojcsar e Rogério Santos
Direção de Produção: Rafael Petri (MoviCena Produções)
Produção Executiva: Jota Rafaelli (MoviCena Produções)

Serviço
Oficina Cultural Oswald de Andrade
Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro – São Paulo
de 28/06 a 03/07
quarta, quinta, sexta e segunda – 20h
sábado – 18h
Ingressos Gratuitos (retirar na bilheteria 1h antes do início da sessão)

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

Teatro ao ar livre, de graça, em Mogi das Cruzes

Próxima publicação

Marvel cancela tradicional painel na San Diego Comic-Con

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir