Evento na ABI relembra os 60 anos do Comício da Central e do Golpe de 1964 com exposição

Centro do Rio e contará com o lançamento da mostra “Rio 64 – a capital do golpe”

21
0
Catacumba. Jornal O Correio da Manhã. Rio de Janeiro, 1964. Fundo Correio da Manhã_Arquivo Nacional.

O Rio Memórias e a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) realizam evento no dia 13 de março, quarta-feira, às 16h, sobre os 60 anos do Comício da Central e do Golpe de 64, na sede da ABI, no Centro do Rio. No ato, será lançada a exposição “Rio 64 – a capital do golpe”, que traz momentos importantes do golpe civil-militar.

O evento da ABI contará com as presenças da viúva do presidente João Goulart, dona Maria Thereza, das filhas e netas, e de Gabriel do Vale, cantor e neto do poeta João do Vale, além de outras personalidades.

Relembrar para nunca mais repetir

A exposição “Rio 64 – a capital do golpe”, que fica em cartaz até o dia 13 de abril, relembra os principais acontecimentos que culminaram no golpe na madrugada do dia 01 de abril e o contexto cultural e intelectual da época. Simultaneamente à inauguração da exposição física, será lançada a versão virtual no site Rio Memórias (www.riomemorias.com.br), onde os visitantes poderão acessar na íntegra as memórias apresentadas na exposição física, além de outros acontecimentos.

A curadoria da exposição é assinada por Heloisa Starling, escritora, historiadora, professora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e coordenadora do Projeto República, e Danilo Marques, doutor em história pela UFMG e pesquisador do Projeto República.

Sobre o Rio Memórias

O Rio Memórias é um museu virtual, fundado em 2019, que tem como missão registrar, valorizar e divulgar a história e a cultura do Rio de Janeiro. Além do museu virtual, o Rio Memórias promove atividades educativas em escolas públicas, exposições físicas e podcasts narrativos. As galerias do Rio Memórias são temáticas e narram a história da cidade sem seguir uma ordem cronológica, permitindo que os visitantes construam seus próprios roteiros pelas narrativas.

O projeto é patrocinado pela Light S.A, pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, pela Norsul e Ministério da Cultura através da Lei de Incentivo à Cultura, pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, Banco BTG Pactual, Adam Capital, Kasznar Leonardos através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS.

Serviço:

Ato 60 anos do Comício da Central

Data e horário: dia 13 de março, quarta-feira, às 16h

Local: Sede ABI – Rua Araújo Porto Alegre, 71, 9º andar, Centro, Rio de Janeiro – RJ

Entrada: livre.

Exposição “Rio 64 – a capital do golpe”

Temporada: de 13 de março até 13 de abril

Dias e horário de visitação: de segunda a sexta, das 10h às 17h

Local: Sede ABI – Rua Araújo Porto Alegre, 71, 9º andar, Centro, Rio de Janeiro – RJ

Entrada: livre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *