Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

Fotobiografia de Clara Nunes ganha lançamento na quadra da Portela

A esfuziante trajetória da mineira de Caetanópolis, que cruzou os céus do Brasil e se tornou uma estrela de primeira grandeza de nossa música, ganha um completo registro iconográfico no livro “Clara, uma fotobiografia” (uma parceria Numa Editora e Editora PUC-Rio), organizada por Julio Diniz, e será lançada sábado, dia 2 de março, às 13 horas na quadra da Portela (Rua Clara Nunes, 81, Oswaldo Cruz).

Aos ensaios de Rodrigo Alzuguir (pesquisador e especialista em música brasileira), Julio Diniz (professor da PUC e gestor cultural), Giovanna Dealtry (doutora em letras e autora de Clara Nunes – guerreira), Aza Njeri (doutora em Literaturas Africanas), Luiza Marcier (estilista e designer) e Rodrigo Faour (jornalista e historiador da música brasileira) “Clara, uma fotobiografia” acrescenta uma impressionante coleção de imagens.

Há desde as fotos de Wilton Montenegro, célebre por haver retratado os maiores nomes de nossa música na segunda metade do século XX, Thereza Eugênia, Ricardo Beliel, até imagens de acervos como o Jornal do Brasil, Correio da Manhã, Estado de Minas, revistas Manchete e O Cruzeiro, Museu da Imagem e do Som (Coleções Nelson Motta e Jorge Murad) e Instituto Moreira Salles (Coleção José Ramos Tinhorão), em um amplo arco visual.

“Clara era a alma do Brasil como cantora”, disse uma vez  Chico Buarque, e isso reforça o fato de que ela recusava o rótulo de “sambista”- “Sou uma cantora  da música brasileira”. E que ao deixar o catolicismo mineiro pela umbanda, passou a encarnar tudo o que as raízes africanas trouxeram de belo ao Brasil. Muitos artistas deixaram seus depoimentos no livro –  de Maria Bethânia a Marisa Monte, de João Bosco a Dori Caymmi, confirmando que sua estrela ainda brilha como poucas na constelação de nossa música.

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

Solo Azira’i ganha temporada no Sesc Ipiranga

Próxima publicação

Slayer surpreende os fãs anunciando sua volta aos palcos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir

Falta alma à Clarice

Com quarenta e uma páginas, incluindo a capa, e menos de trinta se considerarmos o conteúdo propriamente dito,…

Filhos de Galagah

Com muita felicidade, tenho novamente o prazer de escrever a resenha de um livro nacional publicado…