Lançamento do livro “História do livro e da edição” em SP

Lançamento do livro “História do livro e da edição” em SP – Ambrosia

O surgimento da impressão em meados do século XV foi um evento de grande ruptura para o mundo ocidental. Seu impacto, extremamente amplo, prenuncia o nascimento de uma cultura impressa que ainda permanece, pois estabelece as condições para o nascimento da mídia, tem implicações na vida social, na história das línguas, das ciências, da educação, das artes gráficas, entre outros.

Mas o que, de fato, sabemos sobre a invenção de Gutenberg, e por que meios, essa tecnologia foi aperfeiçoada a ponto de permitir o estabelecimento de um novo ecossistema de comunicação, produção e circulação de textos e, consequentemente, de ideias?

Desta forma, o CPF Sesc promove a palestra, que abordará a extraordinária história do livro, da invenção da escrita à revolução digital. Realizada por ocasião do lançamento do livro História do Livro e da Edição, publicação em coedição pelas Edições Sesc e Ateliê Editorial.

Serviço

Centro de Pesquisa e Formação – CPF Sesc

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar.

Tel: 3254-5600 

Data: 18/09/2023
Dias e Horários: Segunda, 19h30 às 21h30.
Curso Presencial
Inscrições a partir das 14h do dia 28/8, até o dia 18/9.
Enquanto houver vagas.

Local
Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar}
Bela Vista – São Paulo.
Grátis

Palestrantes:

Marisa Midori Deaecto

Professora livre-docente em História do Livro na Escola de Comunicações e Artes (ECA-USP). Doutora Honoris Causa pela Universidade Eszterházy Károly, Eger (Hungria). Autora de “Império dos Livros – instituições e práticas de leituras na São Paulo oitocentista” (Edusp/Fapesp, 2011; 2019), vencedor do prêmio Jabuti da CBL (1º lugar em Comunicação) e o Prêmio Sérgio Buarque de Holanda, pela Fundação Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro na categoria melhor ensaio social. Publicou, recentemente, “História de um livro. A Democracia na França, de François Guizot” (Ateliê Editorial, 2021) e organizou a edição bilíngue de “Bibliodiversidade e preço do livro. Da Lei Lang à Lei Cortez. Experiências e expectativas em torno da regulação do mercado editorial (1981-2021)” (Ateliê Editorial, 2021).

Yann Sordet

Historiador do livro e curador geral de bibliotecas na França (Paris). Formou-se na École Nationale des Chartes (turma de 1997), depois na École Nationale Supérieure des Sciences de l’Information et des Libraries (ENSSIB). Foi curador do Departamento de Manuscritos e Livros Raros da Bibliothèque Sainte-Geneviève (1998-2009), e, desde 2011, é diretor da Biblioteca Mazarina, a biblioteca pública mais antiga da França. Desde 2021, é Diretor Geral das Bibliotecas do Institut de France. Suas pesquisas concentram–se na história das bibliotecas e da bibliofilia, nas práticas bibliográficas, nos incunábulos, na produção e distribuição de livros sobre espiritualidade nos tempos modernos, bem como em edição de música. Lecionou história da edição na Universidade de Paris XIII (1999-2006) e história das bibliotecas na École Pratique des Hautes Etudes (2007-2009). É encarregado pelos cursos de formação na área patrimonial junto à ENSSIB. É editor-chefe da revista Histoire et Civilisation du Livre. Publicou recentemente História do Livro e da Edição: Produção e Circulação, Formas e Mutações (Paris, Albin Michel, 2021, posfácio de Robert Darnton), atualmente em tradução no Brasil.
(Foto: Acervo Pessoal)

Total
0
Links
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ant
9ª Feira Literária da Zona Sul reúne 60 editoras independentes
9ª Feira Literária da Zona Sul reúne 60 editoras independentes – Ambrosia

9ª Feira Literária da Zona Sul reúne 60 editoras independentes

Mais de 10 mil pessoas são esperadas com programação gratuita com destaque para

Prox
Ator de ‘Jurassic Park’ revela que batiza seus animais de fazenda com nomes de estrelas de Hollywood
Ator de 'Jurassic Park' revela que batiza seus animais de fazenda com nomes de estrelas de Hollywood – Ambrosia

Ator de ‘Jurassic Park’ revela que batiza seus animais de fazenda com nomes de estrelas de Hollywood

Laura Dern, Meryl Streep e Helena Bonham Carter são 'homenagens' de Sam Neill às

Sugestões para você: