Review: Scott Pilgrim Takes Off

43
0

Foi uma excelente surpresa quando a Netflix decidiu investir numa versão animada de Scott Pilgrim, ainda mais trazendo de volta todos os atores do filme original – junto com o diretor e criador da série – para remixar e expandir a aventura de um jovem de Toronto que precisa lutar com os ex-namorados malígnos de sua musa.

No início, realmente não parece assim. Durante a maior parte do primeiro episódio (de oito), Takes Off se desenrola como uma versão animada de Scott Pilgrim. Existem algumas diferenças superficiais – Ramona agora entrega DVDs para a Netflix em vez de pacotes para a Amazon, mas fora isso as coisas são basicamente as mesmas dos quadrinhos e do filme. A trama segue Scott (Michael Cera), jovem preguiçoso que toca baixo numa banda indie. Certo dia ele conhece a garota dos seus sonhos, Ramona (Mary Elizabeth Winstead) e eles saem juntos, apesar de Scott já estar ‘namorando’ uma garota do ensino médio chamada Knives (Ellen Wong).

A aventura fica estranha quando sabemos que Ramona tem sete ex-namorados malvados e, para namorá-la, Scott precisa derrotar todos eles. Takes Off apresenta logo de cara a primeira luta entre Scott e o ex-malvado inicial, Matthew Patel (Satya Bhabha). Quem é fã do personagem espera que Scott vença cada um dos confrontos, mas Takes Off parte em outra direção.

Takes Off é uma série projetada em torno da ideia “o que aconteceria se?” Nesse caso, o criador Bryan Lee O’Malley e o co-roteirista BenDavid Grabinski perguntam o que aconteceria se Scott realmente perdesse a luta contra Matthew? E não apenas se perdeu, mas foi puxado para um misterioso portal vegano para que ninguém tivesse ideia de onde ele estava? Isso é exatamente o que acontece e tem todos os tipos de efeitos em cascata.

Matthew ganha tanta confiança com a vitória que assume o controle da Liga dos Exes do Mal e do império multimilionário de seu líder, Gideon Graves (Jason Schwartzman). Knives canaliza a perda de Scott para uma carreira de compositor ao lado do colega de banda de Scott, Stephen (Mark Webber). E Ramona se torna uma espécie de detetive, procurando o sequestrador investigando todos os possíveis suspeitos.

É uma grande mudança e, como fã de longa data dos mitos de Scott Pilgrim, é muito divertido assistir esses personagens em novas situações. A mudança é muito significativa ao remover Scott da equação em grande parte da série, passando o foco para todos os outros personagens de maneira bem mais interessante que recontar a mesma aventura.

O resultado é que temos uma visão muito mais profunda dos personagens que antes recebiam pouca atenção, especialmente no filme de ritmo acelerado. E quando você acha que a série já apresentou reviravoltas estranhas, ainda não viu nada.

Possivelmente a série terá maior impacto para quem tiver histórico com a franquia, mas ao remixar a história Takes Off também trará novos fãs para o mundo de Scott Pilgrim.

Scott Pilgrim Takes Off

Scott Pilgrim Takes Off
7 10 0 1
Nota: 7/10 Ótimo
Nota: 7/10 Ótimo
7/10
Total Score iÓtimo
Spike Lamen
WRITTEN BY

Spike Lamen

“Man cannot do without beauty, and this is what our era pretends to want to disregard.” — Albert Camus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *