Ana Goulart transmuta sua arte com exposição “FENIX”

Ana Goulart transmuta sua arte com exposição "FENIX" – Ambrosia

Ana Goulart faz ocupação artística a partir de 14 de abril na Galeria Plexi, na Vila Madalena em São Paulo. Ambiente de arte contemporânea onde potencializa o diálogo entre artistas e o mercado de arte em todos os seus desdobramentos.

Nascida na cidade de Jundiai, Ana Goulart começou sua trajetória artística impulsionada pela necessidade de expressão e criatividade. “A arte é uma forma que encontro para expressar minha emoção, história e cultura, através de valores estéticos, harmonia e equilíbrio”. Descreve a artista.

Iniciou sua formação acadêmica na Escola Panamericana de Arte, sua obra tem bases impressionistas e expressionistas, onde mescla tinta acrílica, pigmentos, além de desenhos em nanquim e bico de pena. Com prêmio conquistado nos Estados Unidos, a artista conta com colecionadores na Alemanha, Reino Unido, Itália e Suíça.

A exposição Felix, com curadoria de Sandra Setti,  traz obras que representam a ideia de que a transformação é um processo contínuo e que pode assumir várias formas. A arte como uma ferramenta para o crescimento  e transformação pessoal com intuito de despertar nos visitantes mudanças positivas em suas vidas, e demonstra as transformações vividas pela própria artista.

Oscar Dambrosio, doutor em educação e critico de arte, comenta : “O êxito da poética da artista se dá, em boa parte, por manter contato com aquilo que costumamos chamar de realidade, mas sem se ater a uma cópia”. 

As produções na Plexi, possibilitam um novo olhar para as artes visuais e o design nacional, com mostras individuais e coletivas, que abrangem temas para fomentar a cultura no cenário da arte brasileira.

Serviço:

local: Galeria Plexi, rua: R. Patizal, 76 – Vila Madalena, São Paulo 

Data: Coquetel de abertura dia 14 de abril, exposição segue até 14 de maio.

Curadoria: Sandra Setti

Assessoria de imprensa: Studio Nana Higa

Total
0
Links
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ant
Festival de Cinema de Diamantina apresenta oito longas e 30 curtas-metragens brasileiros
Festival de Cinema de Diamantina apresenta oito longas e 30 curtas-metragens brasileiros – Ambrosia

Festival de Cinema de Diamantina apresenta oito longas e 30 curtas-metragens brasileiros

A cidade de Diamantina realiza o Festival de Cinema de Diamantina entre 19 e 22

Prox
Obra de Boris Lurie pela primeira vez no Brasil
Obra de Boris Lurie pela primeira vez no Brasil – Ambrosia

Obra de Boris Lurie pela primeira vez no Brasil

Artista é sobrevivente do Holocausto e fundador do movimento No!

Sugestões para você: