Artistas brasileiros vão participar da Quadrienal de Praga

8
0

Maior evento dedicado à arte da performance e da cenografia teatral no mundo, a Quadrienal de Praga terá a participação de artistas brasileiros. A equipe foi selecionada para a mostra, que acontece de quatro em quatro anos na capital da República Tcheca. Em 2023, a edição será realizado de 8 a 18 de junho. 

O grupo vai exibir a obra EncruzOdu, produzida por Álvaro RosaCosta (Rio Grande do Sul), Elton Panamby (Maranhão), Dori Sant’Ana (Espírito Santo) e Rinaldo Santos (Rondônia) sob a supervisão de Gregory Slivar (São Paulo). A instalação é composta um tabuleiro onde o público poderá jogar as sementes enviadas por cada componente do grupo. Conforme a posição que elas ocuparem, uma câmera irá disparar os sons criados pelos artistas. Além disso, a própria obra irá produzir um som gerado pelo toque dos visitantes. 

Álvaro RosaCosta enviou as sementes da paineira do Theatro São Pedro, em Porto Alegre, lugar onde nasceu e passou boa parte da infância junto à família. Neste fim de semana, o artista estará em cena com a peça Instinto, dirigida por Camila Bauer. Ele e a cantora Paola Kirst assinam a sonografia da montagem e também a executam ao vivo sobre o palco, interagindo com o elenco. A produção será apresentada de dois a quatro de junho, às 19h, no Teatro Oficina Olga Reverbel do Multipalco Eva Sopher, no Centro Histórico da capital gaúcha.

Paola Kirst e Álvaro RosaCosta em “Instinto” — crédito: Vilmar Carvalho
Leo Sant Anna
WRITTEN BY

Leo Sant Anna

Jornalista, assessor de imprensa e apaixonado por cultura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *