“Daniel Feingold – Experiência Cromática”, no Sesc Ramos  

“Daniel Feingold – Experiência Cromática”, no Sesc Ramos   – Ambrosia

Neste sábado, dia 26 de agosto, das 12h às 13h, será realizado um bate-papo gratuito e aberto ao público com o artista Daniel Feingold e o curador Paulo Venancio Filho na exposição “Experiência Cromática”, no Sesc Ramos. Promovendo a acessibilidade, a conversa terá tradução em libras. Na ocasião, também será lançado o catálogo digital da mostra em formato e-book, editado pela AREA27, com 76 páginas, visualização gratuita, texto do curador Paulo Venancio Filho e fotos de Jaime Acioli.  

Na mostra, que fica em cartaz até o dia 24 de setembro, são apresentadas cerca de 50 pinturas, recentes e inéditas, produzidas desde 2019 até hoje, em óleo e bastão oleoso. A exposição é uma das selecionadas pelo Edital de Cultura Sesc RJ Pulsar 2022/2023.

Para o artista, é uma alegria poder expor em Ramos, bairro com o qual ele tem uma relação afetiva de longa data. “Estudei durante cinco anos na extinta Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Silva e Souza, no período da noite. Foi uma fase muito boa, que contribuiu muito para a minha formação”, conta Feingold.

A exposição é composta apenas por obras em pequenos formatos, que começaram a ser produzidas durante a pandemia de Covid-19, como uma maneira mais rápida e produtiva de trabalho. Mas o formato deu tão certo que o artista seguiu fazendo as “pinturinhas”.

“De imediato, se percebe, essas pinturas e desenhos de Daniel Feingold parecem conter uma tensão incompatível com seus pequenos formatos. O que está dentro quer ir além; tensionar o espaço pictórico, e a experiência cromática que elas proporcionam indica a inquietude que as cores exprimem”, afirma o curador Paulo Venancio Filho.

No Sesc Ramos são apresentadas pinturas, que são uma continuidade da pesquisa iniciada recentemente pelo artista na qual utiliza tinta a óleo e bastão oleoso, criando campos cromáticos inéditos, explorando cores mais vivas, muitas delas em neon, além de introduzir o prata, trazendo mais luz e vitalidade para as telas. “O fundo prata ou alumínio energiza fisicamente a superfície chapada”, afirma o curador, que completa: “Aqui cores são fontes de energia, impulsivas, elétricas, ácidas, como uma dança de formas – cortes e angulações inesperadas, superposições dissonantes, continuidade e descontinuidade – que, entre si, disputam o espaço total e insistem em se conter nos limites da tela, que a custo a ação do artista procura controlar – o élan cromático gestual”.

Além de novas formas e novas cores, Feingold está utilizando nas novas obras da exposição a tinta a óleo. “O óleo é uma tinta com alma, que se move, se refaz, se perde e tem vida. Para essas pinturas só o óleo faz sentido, pois este se movimenta, enruga, fere”, completa Feingold, que propositalmente deixa os “acidentes” de percurso na tela, como respingos e manchas, que acabam se incorporando à obra.

Formado em arquitetura, Daniel Feingold não faz nenhum esboço prévio antes de criar suas pinturas. “As formas começam a ser ‘recortadas’ na hora. É tudo resolvido na tela, no momento da pintura”, diz o artista, que morou muitos anos em Nova York, período “muito esclarecedor para a minha poética de temática abstrata”. 

SOBRE O ARTISTA

Daniel Feingold nasceu no Rio de Janeiro, em 1954. Formou-se em Arquitetura na FAUSS, RJ, em 1983. Estudou História da Arte e Filosofia na UNIRIO/PUC, de 1988-1992; Teoria da Arte & Pintura e Núcleo de Aprofundamento, na EAV Parque Lage, de1988-1991 e fez mestrado no Pratt Institute, Nova York, em 1997.

Dentre suas mais recentes exposições individuais estão “Pequenos Formatos” (2022/2023), no Paço Imperial, “UrbanoChroma” (2019) – Projeto Tech_Nô, no Oi Futuro Flamengo; “Acaso Controlado” (2017), no Museu Vale do Rio Doce – Vitória, ES; “Fotografia em 3 séries” (2016), no Paço Imperial do Rio de Janeiro; ” Acaso Controlado” (2016), no Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, PR.

Serviço: Conversa e lançamento e-book exposição “Experiência cromática”, de Daniel Feingold
Dia 26 de agosto de 2023, das 12h às 13h
Exposição: até 24 de setembro de 2023
Sesc Ramos
Rua Teixeira Franco, 38 – Ramos, Rio de Janeiro – RJ
De terça a domingo, das 9h às 17h
(21) 4020.2101
Entrada gratuita
Curadoria: Paulo Venâncio Filho
Realização: AREA27 e Tamanduá

Total
0
Links
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ant
AndradeAr: um mergulho na vida e obra de Mário de Andrade no CPF Sesc 
AndradeAr: um mergulho na vida e obra de Mário de Andrade no CPF Sesc  – Ambrosia

AndradeAr: um mergulho na vida e obra de Mário de Andrade no CPF Sesc 

O Centro de Pesquisa e Formação (CPF) do Sesc São Paulo abre vendas para o curso

Prox
Quem disse que mulheres não falam sobre sexo?

Quem disse que mulheres não falam sobre sexo?

Sete amigas de meia idade se reúnem semanalmente para conversar sobre suas

Sugestões para você: