Conflitos Estelares em 1993 Shenandoah

40
2

Segundo os rumores da história: ao fim da guerra interestelar um grupo vendido de ex-mercenários de elite liderados por Colonel Nestor realizam seu maior feito. Afanar o Shenandoah, um dispositivo capaz de remodelar a superfície dos planetas afim de torna-los habitáveis.

Óbvio que deu ruim e seu Nestor tinha outros planos que não a grana fácil do mercado negro. Em poder da máquina, a usou pra se cercar de um exército de inimigos criativos, difíceis e muito bem programados. Melhor assim, podemos destruir tudo e sair de bom moço no final.

Sim, 1993 Shenandoah é um shooter de navinha em pixel art como dizem os jovens. O estilo nunca vai morrer e esse game está aí pra provar isso. Além do enredo interessante o sistema de armas é inteligente, objetivo e vasto. São três modelos de espaçonaves diferentes onde variam-se a velocidade, escudo e consequentemente a quantidade de armas cabíveis.

É notório que os desenvolvedores são fãs do estilo pois existem muitas respeitosas referências. Nem vou me aprofundar no som e na jogabilidade pois o game já tem seu lugar de destaque no meu coração. O fator replay foi o que mais me cativou e a experiência imersiva clássica das navinhas. São tantas combinações diferentes das naves com suas armas equipadas que dá vontade de testar todas possíveis.

Desenvolvido e publicado pela Limit Break esse eu recomendo fortemente em qualquer plataforma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 thoughts on “Conflitos Estelares em 1993 Shenandoah

  1. Sou fã do estilo des dos primórdios da era de ouro dos arcades. Tenho uma boa coleção em meu PC. Vi o vídeo de gameplay e gostei muito da jogabilidade. Será apenas para Nintendo? Abraços!

    • Tenho uma forte ligação afetiva com Arow Flash de Mega Drive, rs.
      Segundo o resultado da pesquisa tem versão desse jogo até pra calculadora mas não tem pra Playstation.