“Guardiões da Galáxia 3” – um respiro no marasmo do universo Marvel/DC

13
1

Se o “gênero” filmes baseados em heróis de HQs já vinha sofrendo um desgaste artístico corriqueiro nos últimos anos, mesmo (muito) antes da pandemia da COVID, agora, a bagunça que viraram os bastidores, sobretudo executivos, das majors Marvel e DC tem exposto que a crise – que agora também virou de bilheteria, dado os últimos resultados nas duas marcas – é bem mais ampla que eles imaginavam.

Um dos personagens centrais dessa celeuma atual, o diretor James Gunn, atual chefão da DC Studios (junto com Peter Safran), se despede da Marvel fechando o ciclo com Guardiões da Galáxia 3, franquia essa com o qual ele ajudou a arejar a cansadíssima linguagem de filmes de super-heróis.

Guardiões da Galáxia vol. 3

Gunn, que também assina o roteiro, entrega uma história bem equilibrada entre o drama espesso e o humor sarcástico, sob uma direção de arte deslumbrante e um vilão (Chukwudi Iwuji, ótimo) que segura o rojão de aglutinar em suas motivações esse equilíbrio do filme. A história começa com resquícios dos filmes Vingadores: Star Lord (Chris Pratt) ainda tenta lidar com a “perda” de Gamora (Zoe Saldana). Entretanto a história foca mesmo na origem do guaxinim Rocky (voz de Bradley Cooper), o que rende acenas de maiores cargas dramáticas – as vezes no limite do sentimentalismo, algo contornado com maestria por Gunn.

Guardiões da Galáxia vol. 3

O roteiro é bem esperto a partir disso para desenvolver mais o grupo protagonista, principalmente a rabugenta Nebulosa (Karen Gillan). Por outro lado, essa veemência não conseguiu perpassar para os novos personagens, como Adam Warlock (Will Poulter) que tem função apenas acessória no todo. “Guardiões” sempre será o melhor estandarte do talento de Gunn e nessa final de trilogia não foi diferente: o ritmo é mantido solidamente nas duas horas e meia de projeção, assim como a maneira como faz uso da trilha sonora (mais uma vez um personagem a parte em um trabalho dele).

Nesse momento da Marvel, é até um bálsamo num cenário tão cansado. Pode ser que isso torne o filme ainda melhor. Mas cada vez mais não dá mesmo para subestimar o tino do diretor. Sorte da DC…

Guardiões da Galáxia vol. 3

Guardiões da Galáxia 3

Guardiões da Galáxia 3
8 10 0 1
Nota: 8/10: Excelente
Nota: 8/10: Excelente
8/10
Total Score iExcelente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *