Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

Ursinhos em Curso (2022), série continua imersiva e divertida, apesar de ser mais infantil

Um spin-off da série de sucesso do Cartoon Network, Ursos sem curso, Ursinhos em Curso (2022) segue as aventuras de Pardo, Panda e Polar agora numa fase infantil, enquanto viajam em uma caixa mágica para novos mundos fantásticos em busca de um lugar para chamar de lar. A série animada é produzida pela Cartoon Network Studios e tem Daniel Chong, criador da série, e Manny Hernandez como produtores executivos.

Ao longo do caminho, conhecerão novos amigos, aprenderão algumas lições e descobrirão que “lar” é onde quer que estejam enquanto estão juntos. Ursos sem curso pode ter chegado ao fim, mas ganhou muitos fãs, e Ursinhos em Curso (We Baby Bears) é um sucessor sólido. Pelo título, no entanto, a série é para um público um pouco mais jovem do que o original, mas certamente há alguns aspectos mais maduros também – como casos de antagonistas com temáticas mais adultas. Isso permite que espectadores de todas as idades realmente se divirtam assistindo a esse programa através de risos e momentos emocionantes.

Desde o início, é muito claro que a série tem muito da mesma equipe criativa por trás de Urso sem Curso. Por causa disso, a série tem a mesma sensação do original, indo em aventuras regulares e apresentando um pouco mais sobre seus “eus” mais jovens.

Em si, Ursinhos em Curso segue os três ursos quando eram bebês. Cada episódio os transporta para mundos vibrantes e coloridos, onde fazem amizade com muitos rostos conhecidos de contos de fadas e afins. Durante sua cruzada, se deparam com a decisão de ficar ou continuar sua jornada para uma nova morada.

A música tema de abertura da série “The Bha Bha Song (We Baby Bears Theme)” é interpretada pelo supergrupo de K-pop TRI.BE da Universal Music Korea. O TRI.BE é o primeiro grupo desse tipo a falar e cantar em chinês, inglês, japonês e coreano.

Não deve ser surpresa que os dubladores tenham sido substituídos por outros muito mais jovens, no entanto, eles fazem um ótimo trabalho ao imitar os maneirismos e o tom de voz de seus antecessores. Isso tratando da dublagem original, pois a brasileira, não consegue encaixar, não combinando com o que conhecíamos.

A primeira temporada traz aventuras divertidas, cheia de travessuras, com os protagonistas viajando pelo mundo, fazendo inimigos também. Bem, mais ou menos. Temos uma raposa que constantemente tenta sequestrar Panda, para que ele seja o melhor amigo da sua filha.

Ambientação familiar, tem muito daquele humor simples, algo em que o Cartoon Network sempre se destacou – criar conteúdo familiar, versus conteúdo infantil. Recomendamos.

Nota: Bom – 3 de 5 estrelas

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

Marcelo Fedrá volta às raízes familiares no clipe de “Um Dia Só”

Próxima publicação

Peaky Blinders tem data de sua 6ª temporada anunciada em mural gigante

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir