em

Atividade Paranormal – O que acontece quando você está dormindo?

Atividade Paranormal 01Confesso que não estava botando muita fé nesse Atividade Paranormal (Paranormal Activity, 2009).

Quando li a premissa do filme achei que seria mais um dos inúmeros genéricos de A Bruxa de Blair (The Blair Witch Project, 1999) como tantos que apareceram nesses últimos dez anos. O filme afinal segue a mesma receita de bolo ao mostrar pessoas comuns confrontadas por acontecimentos bizarros e que resolvem filmar tudo. A despeito do que acontece o importante é manter a câmera rodando.

Com A Bruxa de Blair a coisa até funcinou, pois na época foi uma baita novidade. Passado o frenesi, parecia improvável que alguma coisa inovadora e assustadora na mesma linha pudesse surgir.

Talvez por essa razão eu tenha sido pego de surpresa por Atividade Paranormal.

Eu ouvi o burburinho a respeito do filme há alguns meses, mas preferi ignorar todos os comentários para que eles não estragassem qualquer surpresa. Como não esperava muito, não foi difícil.

O filme é uma produção de fundo de quintal feito ao longo de uma semana ao custo de irrisórios 15 mil dólares. Filmado com câmera comum inteiramente na casa do diretor do filme, Oren Peli, o retorno nas bilheterias foi inacreditável, ultrapassando a casa dos 100 milhões e tornando o filme um fenômeno.

Não há quase nada de original na trama sobre um jovem casal que começa a ter suas noites perturbadas por inexplicáveis acontecimentos. Desde a infância, Katie (Katie Featherston) é assombrada por um assustador vulto negro que a visita sempre à noite. Após vários anos sem manifestação de incidentes paranormais, Katie pensa que a entidade finalmente sossegou. Porém, ao mudar-se para uma nova casa com seu namorado, Micah (Micah Sloat), o vulto retorna com força total. Um parapsicólogo é chamado e explica que a entidade pode ser algo pior que um “simples” fantasma, e ao que tudo indica se trata de um demônio que tem interesse em Katie. De nada adianta se mudar, a coisa mais cedo ou mais tarde vai encontrá-la novamente.

Atividade Paranormal 02Micah decide então comprar um conjunto de câmaras e equipamentos electrônicos, para flagrar a tal atividade paranormal e descobrir o que está acontecendo. O filme acompanha a rotina de noites mal dormidas e através das imagens testemunhamos o crescimento do pavor até um final simplesmente apavorante.

Não se pode dizer que Atividade Paranormal não seja extremamente realista e assustador!

O filme nos proporciona momentos de tensão e arrepios legítimos. Bem filmado e planejado, ele recorre ao truque de deixar o espectador supor o que está acontecendo, fazendo com que sua imaginação preencha as lacunas deixadas. E essa é sempre uma tática interessante, pois cada espectador cria a sua própria explicação a respeito do que está acontecendo fora da câmera. Na minha opinião o filme consegue ser mais assustador para aqueles que tem imaginação.

Os efeitos especiais praticamente não existem, tudo é feito na base de simples truques de cena, mas estes são bem eficientes. Não é preciso muito mais do que som abafados, murmúrios, luzes piscando e batidas para construir o clima apavorante. O sangue cede lugar á simples manipulação dos sentidos com o intuito de gerar tensão e medo.

Atividade Paranormal 03Assistir Atividade Paranormal no cinema rende momentos curiosos diante da reação do público. Os fenômenos ocorrem quando os personagens se recolhem para dormir e cada sequência é antecedida por uma vinheta que avisa qual a noite em questão. Cada vez que a vinheta aparecia era possível ouvir suspiros e as pessoas se remexendo, como se estivessem se preparando para o que estava por vir. Eu contei alguns bons pulos da poltrona e mais de um casal saindo na metade da projeção, a namorada puxando o braço do acompanhante sem olhar para trás. Há longos e torturantes momentos de tétrico silêncio que aumentam o suspense até a quietude ser quebrada abruptamente, colocando o público na ponta da poltrona.

Como todo bom filme de terror, aquilo que se esconde nas sombras acaba sendo o que mais perturba e incomoda. Não há uma presença visível, apenas indícios da tal atividade paranormal que você fica procurando pela tela. Qualquer coisa diferente acaba chamando sua atenção como em um jogo dos sete erros. Isso mantém o foco do espectador e o deixa predisposto para sustos.

Atividade Paranormal 04Os momentos de terror são entrecortados pelo casal discutindo sobre como lidar com o fenômeno. Os atores que fazem o papel do casal são convincentes e naturais o bastante. A personagem feminina, Katie, consegue imprimir alguma simpatia enquanto acompanhamos seu gradual mergulho no desespero. Ela parece ter certeza de que coisas cada vez piores estão para acontecer. Infelizmente não dá para simpatizar com o personagem Micah. Me pareceu forçado demais que o sujeito não compreenda a seriedade da situação. É o tipo do personagem que estraga filmes de horror, pois reage de uma forma nada condizente com a realidade. Quem na vida real procuraria a filmadora antes de ajudar a namorada gritando por socorro? Por que ele se mantém tão cético, mesmo depois de ver coisas que desafiam uma explicação lógica? Que tipo de idiota prefere ignorar todos os conselhos dados pelo parapsicólogo? Não chega a estragar o filme, mas faz com que a gente anseie que o personagem desapareça.

Dizem que o filme causou uma grande impressão no diretor Steven Spielberg, que teria afirmado ser Atividade Paranormal o filme mais assustador que ele assistiu. Segundo consta, Spielberg teria aconselhado o diretor a alterar o final. É possível encontrar os outros finais na internet, eu particularmente preferi um dos outros que achei especialmente aterrador, mas cada um com seus medos.

Seja como for, Atividade Paranormal é um excelente filme de assombração que consegue abordar inteligentemente o paranormal, algo que vários filmes com o triplo do orçamento não conseguem.

Nota: Eu sei que muitas pessoas vão criticar a resenha e dizer que não se assustaram em absoluto com o filme. Eu sempre tive um fraco por terror psicológico, a difícil arte de criar tensão sem explicitar nada. Criar medo recorrendo apenas a sons e clima. Nesse contexto, Atividade Paranormal é sim um grande filme, mas confesso que assistir o filme com muita expectativa pode ser prejudicial. Meu conselho: assista ao filme sem esperar demais, garanto que será bem mais divertido.

Abaixo, o trailer do filme:[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=4Qr-M7VOROk[/youtube]

Texto publicado originalmente no site Mundo Tentacular, em 6 de dezembro de 2009.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

7 Comentários

  1. Vou ver esse filme essa semana.

    gosto de filmes de terror, principalmente daqueles que envolvem paranormalidade. Mas realmente é difícil encontrar algum que assuste de verdade. Acredito que, se tudo for bem feito, efeitos baratos podem ser muito mais eficazes do que milhões em efeitos especiais.

    Depois de uma resenha dessas, fica difícil não esperar se assustar assistindo.

  2. Também achei o filme muito bom e, independente da bilheteria alcançada, cumpre o seu objetivo de assustar. Em época de bruxos e vampiros bonzinhos, o “monstro” materializado não me assuta mais. E essa foi a grande sacada do filme: permitir que cada um levasse seus medos e seus monstros para a tela. Oren está de PARABÉNS!

#Lançamento'22 Circuito Ambrosia