em ,

CCXP 2018: Painel de Fênix Negra revela sequência inteira

Com Sophie Turner, Jessica Chanstain e o diretor Simon Kinberg, painel sacia a ansiedade dos fãs

A Fox levou um painel de “X-Men: Fênix Negra” para a CCXP 2018, com as atrizes Jessica Chanstain e Sophie Turner, além do diretor Simon Kinberg. O diretor explicou que em “X-Men: O Confronto Final”, a saga da Fênix Negra não é o plot principal, é um trama de fundo. “Um Dias de Um Futuro Esquecido” eles reajustaram a linha temporal e contar a história de outra forma, há mais personagens, é muito intenso. E segundo a atriz, essa Fênix também é muito diferente. Ela disse se sentir muito poderosa, é (um papel) muito desafiador, empoderado. Sobre sua personagem, Jessica disse que é muito força e encoraja Jean a abraçar todo o seu poder. E ela conta com entusiasmo que, no filme, pôde combater todos os X-Men.

Kimberg diz adorar fazer parte desse universo, e revela que esse filme se aproxima do com de “Logan”. Seria como um “Logan” combinado com um filme espacial, segundo ele. A escolha da década de 90 para ambientar a trama foi por achar mais tranquilo de adaptar e achar mais “realista”, embora ele adore os anos 80.

Quinze minutos de filme foram apresentados para delírio dos presentes. A prévia se inicia com uma missão espacial de um ônibus espacial da NASA, quando ocorre um acidente e os astronautas não regressam. O presidente dos EUA então recorre ao Professor Xavier, que envia Noturno, Mercúrio, Mística, Tempestade, Jean Grey e Ciclope para uma missão de salvamento.

Eles se deparam com  o ônibus espacial girando no espaço e precisam pará-lo para executar o resgate. Esse é um momento de regozijo nerd, assistindo aos X-Men trabalhando em equipe. Com as instruções de Xavier por telepatia para Mística, o grupo opera o plano com o teletransporte de Noturno para dentro da nave, carregando consigo Mercúrio para garantir super velocidade. Porém falta um tripulante. Contrariada, ela aceita a ordem de Xavier de tentar resgatá-lo, usando Jean para estabiliza a nave. No entanto, Noturno retorna apenas com o astronauta. Jean ficou na nave. É aí ela é atingida por radiação, em uma bela cena. Dali surgirão os poderes da Fênix Negra.

Ela é salva e os X-Men retornam como heróis. para a população. Em seguida vemos uma cena em que Mística discute com Xavier por ter colocado a vida da equipe de jovens m risco para proteger a população que os discrimina, e o acusa de fazê-lo por uma questão de ego. O professor sustenta que essa é a melhor forma de mudar a imagem dos mutantes perante à humanidade. Ela termina a discussão dizendo que são sempre as mulheres que salvam os homem na equipe, que, segundo deve muda de nome para X-Woman. A primeira impressão é ótima. Agora é esperar para que o longa não decepcione.

Cesar Monteiro

Publicado por Cesar Monteiro

Um viciado em cultura pop que adora compartilhar seu vício com o maior número de pessoas possível