em ,

Curtos: Bartô (Dir. Onon/Gunter Sarfert)

 

Sinopse

Promovido a gerente da Regional de Remessas e Extravios, Bartô se depara com uma máquina que funciona à sua maneira. Aos poucos seus funcionários se mostram cada vez mais reticentes a qualquer ordem de Bartô. Sua vontade é cada vez mais minada, até que ele se conforma e se encaixa no sistema. De uma forma “kafkiana” e bem-humorada, o curta é uma homenagem ao clássico conto Bartleby, de Herman Melville.

O que temos a dizer

Bartô é curta metragem paulista muito bem produzido, com um apuro visual que pouco se vê em curtas de cara, percebe-se o cuidado com todos os enquadramentos, além de impecável direção de arte e da boa trilha de André Abujamra. O curta conta também com algumas boas surpresas no elenco, como o escritor e quadrinhista Lourenço Mutarelli e o desaparecido Guilherme Leme. Nenhum dos dois tem muito tempo em frente às câmeras, mas pode valer como curiosidade para os fãs.

Mas apesar de utilizar-se de um conto clássico e bastante referenciado como base, além de citar Kafka na sinopse, os diretores Onon e Gunter Sarfert parecem se deliciar com um texto quadrado e óbvio (para o cinema), interpretações sem timing e muito pouca vontade de explorar as possibilidades da história. Não há uma só cena que cause interesse, surpresa ou qualquer tipo de emoção. Todo mundo entende o ponto do curta em menos de 2 minutos, o que faz os 17 minutos de duração se arrastarem como se fosse uma hora.

Bartô parece ser bastante conformista para um filme anti-conformista. Mesmo assim, foi um dos destaques, em 2010, do Festival do Rio e da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e deve ter seus fãs.

Não sou daqueles que tem preconceitos com cineastas egressos do mundo da publicidade – Fernando Meirelles é um deles – mas é fato que este filme mais parece o cruzamento de um episódio de The Office com um comercial engraçadinho de qualquer banco.

[xrr rating=2/5]

Título: Bartô
Duração: 17:00m
Realizador: Onon e Gunter Sarfert
Produtora: Delicatessen Filmes
Ano: 2010

Participe com sua opinião!