em ,

Curtos: Convite para Jantar com o Camarada Stalin (Dir. Ricardo Alves Júnior)

 

Sinopse

Olga e Marilu esperam um convidado para jantar.

O que temos a dizer

O que significa quando você assiste a um filme produzido no Brasil e o primeiro pensamento que passa pela sua cabeça é de que não se parece em nada com um filme brasileiro?

Convite para Jantar com o Camarada Stalin é um curta-metragem experimental todo realizado em planos fixos que mais se parecem com fotografias de arquivo de uma família da União Soviética, tomando vida pouco a pouco. Sem nenhum diálogo audível, apenas momentos de espera que ecoam cineastas como o sueco Roy Andersson e o húngaro Bela Tárr em sua parte visual.

O curta traz uma abordagem voyeurística da velhice, ao contrário de tantos outros filmes que tentam pegar o espectador pelo sentimentalismo. Como se fosse uma exposição de fotografias em que o título dá a única referência externa ao observador para tirar suas conclusões, esta pequena obra é ao mesmo tempo minimalista e rica em significância, o que não deixa de ser um risco que se corre ao apostar no interesse de quem assiste pelas camadas de informação a serem desvencilhadas.

O filme recebeu prêmios no Festival de Brasília, Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro e Mostra do Filme Livre. Além disso, o diretor mineiro Ricardo Alves Júnior esteve no Festival de Cannes de 2011 com o curta Permanências, em competição.

[xrr rating=3.5/5]

Título: Convite para Jantar com o Camarada Stalin
Duração: 09:31m
Realizador: Ricardo Alves Júnior
Produtora: Universidad del Cine
Ano: 2007

Participe com sua opinião!

Navegante

Publicado por Henrique Amud

Versões impressas de Tagmar 2 no RPGCon

2011 ainda trará alguma série tão boa quanto “The Killing”?