em

G.I Joe – A Origem de Cobra

- pr   estr  ia de gi joe - G.I Joe – A Origem de Cobra

Vou começar está crítica entregando logo o ouro, G.I Joe – A Origem de Cobra é um filme legal e divertido. Não espere sair do cinema tão empolgado quanto nas brincadeiras infantis com os pequenos personagens de plástico, mas com um pouco de pipoca e refrigerante sem dúvida o saldo pós-filme é positivo.

No filme a trama é o de menos, assim como era de pouca importância os enredos milaborantes da infância de quem brincava com os personagens. Não importa também se os nanorobôs não funcionariam da maneira apresentada, se o mar abaixo do ártico não é translúcido ou se parece ridículo um caça é comandado em céltico. O que realmente torna tudo divertido são as cenas de ação, os personagens (com figurinos pós-Matrix), os aviões, submarinos e todos outros veículos cobiçados pela imaginação infantil. Aliás, acho que para um garoto de 8 anos G.I. Joe pode ser o melhor filme do ano, batendo Transformers e Harry Potter de longe, realmente fiquei com inveja dos garotos que poderão assistir o filme e depois sair para salvar o mundo com seus bonequinhos :p

Sobre os personagens, apesar de Sienna Miller se destacar como Baronesa, o filme conseguiu – com louvor – dar destaque para todos personagens principais, inclusive com algumas boas surpresas. Marlon Wayans roubou diversas cenas como Ripcord, Ray Park apresentou um Snake Eyes perfeito, Joseph Gordon-Levitt ficou irreconhecível como Rex… Uma peculiaridade bastante divertida é a presença dos principais atores da série “A Múmia” no filme, Stephen Sommers acertou em cheio nisto.

Por falar do diretor, estou convencido que G.I Joe é seu melhor filme, aqui toda ação e efeitos especiais exagerados característicos de seus filmes se encaixam perfeitamente. Ao mesmo tempo em que tudo explode, briga ou sai dando tiros, é possível acompanhar a história e os personagens sem dúvida alguma do que está acontecendo – algo que não acontece em Transformers 2 por exemplo. Ponto para Sommers.

Recomendo o filme para todos que possam tirar a poeira da infância por duas horas 😀

Observação:
Reparem também como o filme bebeu muito de Star Wars, não estou falando de uma coincidência ou outra, em diversos momentos é só mudar alguns detalhes para rever as mesmas cenas :p

alguém opinou!

Deixe sua opinião!
  1. Eu acabei de ver o filme e eu gostei. Penso que nesse tipo de filme não se deve pensar, em uma trama mirabolante, mas uma que faça efeito. E para mim essa fez. Exagerado sim, mas ruim não. Tipo Tranformers e Wolverine foram filmes vazios. Esse pelo menos tem um fundo, mesmo que diminuto. Mas pense só: quando você brincava com os bonecos de G.I. Joe, você ligava para o enredo? Eu não, o que me interessava era dar porrada. Para mim o filme é um revival a uma infância divertida. E concordo em quesito ação dos filmes até então lançados esse ganha. Fácil.

Deixe sua opinião

Avatar

Publicado por Salvador Camino