Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

George Miller e Mad Max 4

Há muitos anos ouvimos que George Miller está tentando fazer a continuação de sua obra prima Mad Max que lançou Mel Gibson ao estrelato e nos deu uma visão futurista um tanto quanto deprimente, onde, após uma guerra nuclear, a humanidade que restou se concentrou em pequenos povoados que tentam se defender dos bárbaros que usam as estradas remanescentes como campo de batalha por gasolina e derivados de petróleo para seus veículos.

madmax

Os mais novos sequer imaginam o que possa ser Mad Max, afinal, são quase 25 anos desde que Tina Turner expulsou Max de Bartertown e este terminou o filme vagando em meio ao deserto. Miller, porém, tinha uma continuação pronta chamada Fury Road, mas a falta de interesse de Mel Gibson somado aos estúdios não terem interesse em um novo Mad Max, fez o roteiro ser arquivado.

Mas, agora que a nova onda é fazer remakes, parece que Miller ganhou uma nova chance, mas, será Fury Road ou um remake do original? Miller deu uma dica ao Herald Sun da Austrália:

“Não será Mel (Gibson). Ele tinha 21 quando fizemos o primeiro (de 1979), agora ele está muito mais velho e sua paixão mudou para dirigir e escrever filmes,” Miller disse.

“Eu não acho que ele goste mais de atuar e não acho que ele estaria interessedo em se envolver.”

Segundo a publicação, Miller estaria procurando locações na Australia para começar a filmar ainda esse ano. Agora que essa notícia vazou, provavelmente teremos mais fatos nas próximas semanas. Fique ligado!

J.R. Dib

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

Monstros do Monster Manual 2

Próxima publicação

Na máquina do tempo: Black Sabbath toca para 7 mil fãs em São Paulo

Comentários 5
  1. Por que eles insistem? Por que os executivos de Hollywood, em nome do lucro fácil, querem se arriscar a destruir seus próprios bens culturais?

  2. Há algum tempo houve um boato que Michael Biehn, que fez Terminator (Kyle Reese) e Aliens (Dwayne Hicks) faria o papel de Max Rockatansky. Seria bem legal, ele tem cara de louco, como se pode notar em The Abyss (Coffey).
    Teria sido bacana ver uns MAD MAX na década de 90 e 2000.
    Mas sem o Interceptor V8, não pode!!!!
    Minha sugestão é que comecem tudo de novo, como Batman Begins.
    Ator novo, Interceptor V8 novo, todo aquele caos e violência, tudo novo.
    Seria bem melhor do que fazer uma continuação.
    E para quem vai ver ou já viu Terminator: Salvation, há uma cena que lembra muito o MAD MAX 2, na estrada, quando passam por uns farrapos de veículos em chamas.
    George Miller é um gênio que criou aquele cinema de ação forte e sanguinolento australiano, com o primeiro Mad Max.
    Gosto muito do primeiro e do segundo, e fiquei decepcionado com o terceiro, que teve adoçante no lugar de pólvora.
    Mas, espero pela ressurreição do melhor vigilante do planeta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir