em

Hanna – Inocência Mortal

Em meio a uma floresta coberta de neve um cervo foge desesperado, no seu encalce um caçador implacável. Ao chegarem num lago congelado o animal não resiste ao ferimento e cai. O caçador se aproxima e tira o capuz, revelando ser uma menina. Ela meio que sorri para o animal e termina o serviço.

Hanna (Saiorse Ronan) é uma adolescente de 14 anos bem diferente das demais. Ela vive com seu pai Erik (Eric Bana) numa cabana nas terras geladas do Ártico e todo dia, além de enfrentar o frio congelante, é submetida a um treinamento rigoroso de sobrevivência. Erik tem ensinado a filha tudo o que é necessário para que em breve ela consiga cumprir uma missão: eliminar a corrupta agente da CIA Marissa Wiegler (Cate Blanchett). O que Hanna não sabe, é que seu pai é um ex-agente da CIA que há anos vem sendo caçado pela agência. E tudo o que Marissa quer é eliminar essas pedras em seu caminho. Mas isso não vai ser tão fácil quanto ela imagina, já que Hanna com toda sua inocência e doçura pode ser extremamente letal.

Com um roteiro deveras interessante e uma trilha sonora de arrepiar, Hanna do diretor Joe Wright só peca em uma coisa: edição. Um filme que tinha tudo para detonar nas cenas de ação e deixar qualquer um boquiaberto, acabou seguindo uma linha mais calma.

A atriz novata Saoirse Ronan encara muito bem o desafio de viver uma assassina em potencial e se destaca entre grandes atores como Eric Bana e Cate Blanchett. A leveza com que ela conduz a personagem é absurda, sem saber se deve mostrar seus sentimentos ou não. Os cenários foram muito bem escolhidos e os atores chegaram a suportar temperaturas inferiores a  -33°C na Finlândia, durante as filmagens.

Um show a parte é a trilha sonora que ficou a cargo de The Chemical Brothers, uma dupla britânica de música eletrônica considerada tão importante quanto Fatboy Slim, The Prodigy entre outros. Difícil saber se você presta atenção no filme ou se desliga por completo e só curte a música. Wright acertou em cheio na sua escolha.

Alwin H. Kuchler, responsável pela fotografia do filme, mostra nuances diferentes a cada troca de personagem, além de ter acertado em cheio nas cenas em que se passa na neve, coisa que não é nada fácil de fazer.

Apesar de não ter tido uma grande campanha de marketing, o filme foi bem aceito nos cinemas americanos e faturou um pouco mais de $39 milhões. O site mais famoso sobre cinema, IMDB, deu nota 7.5 ao filme.

A estreia da película está prevista para 29 de Agosto.

Título original: Hanna
Ano: 2011
País: Estados Unidos
Direção: Joe Wright
Duração: 111min

[xrr rating = 3.5/5]

Participe com sua opinião!

Ativista

Publicado por Melissa Andrade

ColecionadorNarutoRepórterFanáticos por SériesSuper-fãsFotógrafo

As dez melhores Ficções Científicas da TV

Ambrosia na Flip 2011: Confira a programação