Morre o ator Paul Reubens, intérprete de Pee-Wee Herman

Personagem protagonizou o filme que marcou a estreia de Tim Burton na direção de longas

20
0

Faleceu, aos 70 anos, o ator, comediante e roteirista Paul Reubens, mais conhecido por criar o popular personagem infantil Pee-Wee Herman. Reubens lutava contra um câncer, mas nunca divulgou publicamente seu estado de saúde. A notícia foi confirmada pela família no Instagram.

O comunicado inclui aspas deixadas pelo próprio ator: “Por favor, aceitem minhas desculpas por não falar em público sobre o que enfrentei nos últimos seis anos. Eu sempre senti uma quantidade enorme de amor e respeito vinda dos meus fãs, amigos e apoiadores. Eu os amei muito e me diverti muito fazendo arte para vocês.”

A carreira do comediante se iniciou nos anos 1970, quando se apresentava em clubes de comédia e sua carreira deslanchou ao se juntar à renomada trupe de improviso The Groundlings.

Reubens criou o personagem Pee-Wee Herman direcionado a uma audiência mais adulta, em um show que rodou pelos Estados Unidos entre 1981 e 1984. O sucesso chamou a atenção da Warner Bros., que o chamou para o projeto de um filme, dirigido por um Tim Burton iniciante em longas metragens, e daí surgiu “As Grandes Aventuras de Pee-Wee”, de 1985. Com o sucesso, não só Burton teve sua carreira impulsionada, dirigindo seu projeto pessoal “Os Fantasmas se Divertem” e assumindo a empreitada de levar Batman ao cinema, como o personagem de Reubens virou uma lucrativa franquia. Ganhou uma uma continuação em 1988, “Pee-Wee: Meu Filme Circense”, além de uma série de TV de 1986 a 1991, “Pee-Wee’s Playhouse”. A marca rendeu milhões em merchandising a Ruebens.

Após o escândalo em 1991, quando foi flagrado se masturbando em um cinema pornô, o ator, com sua série cancelada, prestou serviços comunitários como pena por atentado ao pudor e se afastou das câmeras. Todavia, fez participações no filme “Buffy – A Caça-Vampiros, de1992, que mais tarde virou série de sucesso, “Batman – O Retorno” , também de 1992, em que interpretou o pai do Pinguim e “Matilda” , de 1996, como o agente do FBI Bob. Depois de ser elogiado pela crítica por sua atuação em “Profissão de Risco” (2001), foi indicado para o Emmy por sua participação como convidado na sitcom “Murphy Brown”.

Em 2002, onze anos depois do escândalo, novas acusações de obscenidade. Dessa vez por conta de sua coleção pornográfica apreendida pela polícia, com suspeitas de haver imagens envolvendo crianças. Como tal conteúdo não foi encontrado, a acusação de pornografia infantil contra Reubens foi retirada pelos promotores. Com uma pena menos severa que a anterior, o comediante foi obrigado a reportar seu endereço para as autoridades, além de ficar proibido de permanecer na companhia de menores de idade sem permissão ou supervisão dos responsáveis legais.

Em 2016, Pee-Wee Herman ganhou seu terceiro e último filme pela Netflix que produziu e lançou “Pee-Wee’s Big Holiday”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *