Ambrosia Filmes O Karate Kid

O Karate Kid

No remake do grande sucesso dos anos 80 faltou um ingrediente muito importante: carisma.

Apesar de tentar, Jaden Smith não consegue convencer como perdedor e a trama flui de uma maneira estranha, apesar de possuir enormes referências ao clássico. Trocamos a típica high school americana por uma escola do outro lado do mundo, na China. Dre – personagem de Jaden – e sua mãe Sherry (Taraji P. Henson) se mudam pra lá quando ela encontra um emprego melhor. Dre não faz questão alguma de aprender os costumes ou mesmo a língua, o que lhe causa já um problema de início, quando conhece a mocinha Meiying (Wenwen Han)e seu protetor Cheng (Zenwhei Wang), de quem apanha muito.


A relação de Cheng com Meiying não é muito bem explicada, ela apenas diz que ele é filho de um amigo da família. Assim como no original, ele procura a ajuda do zelador, Sr. Han (Jackie Chan) para aprender a lutar, aqui Kung Fu. O que leva a pergunta: Por que não mudaram o titulo do filme, já que o estilo de luta também foi alterado? Isso ninguém sabe responder.

Sr. Han é interpretado por Jackie Chan, famoso por suas cenas de lutas em filmes de comédia, mas no filme luta em apenas uma cena, da qual foi cortada dos principais cinemas, mas que consta nos trailers. Jackie Chan afirmou não querer ser conhecido apenas por saber lutar e que ficou feliz com o corte. O que é uma pena, pois seu papel é muito vago e apático e mesmo ele sendo um bom ator, faz com que a gente sinta falta de Pat Morita, o eterno Sr. Miyagi.

No confronto final temos uma pequena homenagem ao grande lutador Bruce Lee, a quem Jackie Chan conheceu pessoalmente e até atuou em pequenos papéis em alguns de seus filmes. O Sr. Han entrega a Xiao Dre uma roupa igual a que Bruce Lee costumava usar. Apesar de serem apenas crianças, eles são tão cruéis quanto os adolescentes da gangue do Johnny e os combates no torneio são bem interessantes.

A intenção foi boa, mas não serviu ao objetivo final, um novo filme. Aos que conheceram, ainda só vai existir uma história de Karatê Kid – a do abobalhado Daniel-san e um simpático Sr. Miyagi.

4 COMENTÁRIOS

  1. Hahahha
    O Daniel-san era realemtne muito abobalhado. O simpático senhor Miyagi o fazia trabalhar que nem escravo e mentia que estava ensinando Karatê.
    O Daniel-Larusso-san realmente conseguia transmitir o ar de "looser", e, junto do Sr. Miyagi, conquistar o público.

    • Miyagi estava sim ensinando karatê. Apenas era de uma forma diferente ( e que o beneficiava, rsrsrs)

      De resto concordo com vc, Daniel passava bem o ar de looser

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

próxima publicação