em , ,

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas

 

TULLY de Jason Reitman

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas | Críticas | Revista Ambrosia
Continua sendo uma delicia a parceria entre a roteirista Diablo Cody e o diretor Jason Reitman, e aqui o amadurecimento do texto dela fermentou a segurança da na direção dele, aliada a versatilidade de Charlize Theron. Tully é um jogo psicológico e comportamental muito sagaz, reservando um final que faz todo o sentido. Literalmente.

O PROCESSO de Maria Augusta Ramos

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas | Críticas | Revista Ambrosia
É um grande documento, para além do ser documentário. A câmera fala por si, num recorte mais complexo que partidário. A reflexão que deixa é nebulosa, mas o mais bizarro é o quanto essa reflexão é muito maior do que lado que você vai estar nisso tudo.

ILHA DOS CACHORROS de Wes Anderson

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas | Críticas | Revista Ambrosia
O preciosismo estético do cineasta Wes Anderson encontrou uma representação deslumbrante e até comovente em sua compreensão da cultura japonesa. E aliou a isso um discurso político alinhado à realidade atual, numa alegoria que sabe muito bem o valor de sua identidade como cinema.

MISSÃO IMPOSSÍVEL – EFEITO FALLOUT de Christopher McQuarrie

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas | Críticas | Revista Ambrosia
Cinema também é espetáculo, espacialmente quando faz sentido dentro de sua própria histeria. Nesse novo Missão Impossível o nível sobe tanto que fica a impressão que o amadurecimento de Ethan Hurt (Tom Cruise) se estende as suas próprias aventuras. Um espetáculo de thriller, como poucas vezes um blockbuster soube ser.

120 BATIMENTOS POR MINUTO de Robin Campillo

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas | Críticas | Revista Ambrosia
É um filme contundente. O diretor Robin Campillo faz um filme nobre. Não apenas pela causa que defende, mas pela maneira como humaniza o que está por traz dela. Uma virtude que o cinema francês sempre soube ter.

O ANIMAL CORDIAL de Gabriela Amaral Almeida

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas | Críticas | Revista Ambrosia
Um dos melhores e mais interessantes filmes nacionais da nova safra. Uma obra perene da jovem Gabriela Amaral Almeida que diz muito sobre o talento dela em contextualizar a vida (su) real através de uma bem vinda insanidade de sua mente criativa. Até hoje não me sai da cabeça…

EU, TONYA de Craig Gillespie

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas | Críticas | Revista Ambrosia
A personalidade da protagonista (absorvida com competência pela ótima Margot Robbie), aliada ao que refletia em seu entorno, diz muito sobre a vida que teve sob holofotes. E o filme funciona assim: joga luz sobre o que está em perspectiva. Seja ela verdadeira ou não.

ROMA de Alfonso Cuarón

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas | Críticas | Revista Ambrosia
Roma é uma obra pessoal de pura expurgação. Alfonso Cuarón transformou sua memória afetiva em revisão ética e social, e também acaba por falar do México. É o paroxismo da teoria da aldeia. Cleo (Yalitza Aparicio, deliciosamente instintiva) carrega em si toda a humanidade que um autor pode criar em sua obra, e Roma transborda esse acerto de contas com o que ela representa para o passado e o presente do próprio Cuarón.

BENZINHO de Gustavo Pizzi

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas | Críticas | Revista Ambrosia
Uma singela e bem construída parábola sobre a síndrome do ninho vazio. O filme extrai sensibilidade do viés ordinário de sua história. Isso sem deixar o roteiro cair em idealizações ou esquematismos. Apenas extraindo dos personagens (sobretudo da magnífica Karina Teles) a humanidade de suas perspectivas.

TRÊS ANÚNCIOS PARA UM CRIME de Martin McDonagh

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas | Críticas | Revista Ambrosia
Excepcional comentário social de um microcosmo norte-americano. Martin McDonagh possui uma ironia fina que alimenta a linha tênue entre o absurdo e a identificação. Por isso o filme é tão forte. E tão bom. Todos estão lutando contra seus abismos pessoais, e isso acaba interferindo ao outro. O filme é sobre isso. E não tem como sairmos indiferente dele. Até hoje não entendo como o Oscar preferiu A Forma da Água 

INFILTRADO NA KLAN de Spike Lee

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas | Críticas | Revista Ambrosia
Spike Lee nos dá um agudo soco no estômago ao revelar o quanto viramos a sátira que fazíamos da gente. Como mundo em sociedade mesmo. A visão crítica de Lee encontra uma iconografia assertiva para representar o quanto esse extremo social era normalizado no “american way of life”, assim como para apresentar nuances na maneira como o movimento negro reagia a essa opressão. É um filme político, mas é também um exemplar do total domínio cinematográfico assertivo de Lee.

ME CHAME PELO SEU NOME de Luca Guadagnino

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas | Críticas | Revista Ambrosia
Tem filme que se constrói e existe todo dentro de sensibilidades. O trabalho do diretor aqui é deixar que esse sentimento mova a narrativa. Mova e nos envolva. É um filme demasiadamente humano. E com uma das cenas mais eloquentes que o cinema já mostrou, e com muito pouco: uma fala confessional de um pai para seu filho. Sensibilidade. Por isso carregamos o filme dentro da gente. Uma obra-prima!

MENÇÕES HONROSAS

Os 12 Melhores Filmes de 2018 + Menções Honrosas | Críticas | Revista Ambrosia
Num ano relativamente fraco, paradoxalmente, há várias menções honrosas pelos bons filmes que performaram em 2018. São eles Pantera Negra, Viva: A Vida é uma Festa, The Post, Arábia, Buscando, Talvez Uma História de Amor, Um Lugar Silencioso, As Viúvas, Nasce Uma Estrela, Hereditário, Em Chamas, Love, Simon, Ferrugem e Podres de Ricos.

Deixe sua opinião

Publicado por Renan de Andrade

"A Vida em Si" e em seu vazio da fórmula…

"Não gosto disso!" | Blood & Bacon