Uma Quase Dupla – Resenha da comédia brasileira de Marcus Baldini

Neste episódio de Impertinências da Raquel, faço a resenha do longa de comédia brasileira: Uma Quase Dupla, longa de Marcus Baldini, que conta com Tatá Werneck e Cauã Reymond como protagonistas.
A história, roteirizada por Leandro Muniz, fala sobre a chegada de uma policial do Rio de Janeiro à cidade de Joinlândia, uma cidade aparentemente pacata, onde todos se conhecem, para ajudar o policial local, interpretado por Cauã Reymond, a resolver o caso de um assassinato.
O filme é um pastiche do gênero de dupla policial, que se tornou famoso nos anos 70 e 80.

Participe com sua opinião

Por favor preencha o comentário!
Por favor, digite seu nome aqui