em

Experimentamos o demo de FIFA 15; já disponível para PC, Xbox 360, Xbox One, PS4 e PS3

Deixando um pouco de lado os holofotes do cenário dos games, que estão apontados para o Destiny, a EA Sports lançou a demonstração jogável de FIFA 15.
De forma gratuita, a demo está disponível para PC, Xbox 360, Xbox One, PS4 e PS3. O Review a seguir trata das versões de PC e Xbox 360, onde quase não se nota alguma diferença.
Lembrando que, por ser demo, muita coisa poderá ser mudada no produto final. Porém, isso não é do feitio da EA Sports, pois geralmente a diferença entre demo e produto final são apenas correções de pequenos bugs e um polimento maior nos “anti-serrilhados”.

fifa-15-resenha-demo-revista-ambrosia

Jogabilidade

A demo do FIFA 15 já traz as grandes novidades na jogabilidade com a estreia da engine intitulada “ignite”, que acompanhará todos os jogos de esporte da Eletronic Arts.
A primeira dela trata-se do controle de bola dos jogadores. Agora, a troca do domínio da bola de uma perna para outra como o “giro” dos jogadores estão mais precisos e realistas, o que facilita –e muito – na hora de driblar o adversário ou armar as jogadas.
Já que estamos falando em dribles, se o FIFA 14 foi considerado o jogo dos defensores, o FIFA 15 é o jogo dos atacantes: O controle de bola durante a corrida foi muito bem aprimorado. Agora, o jogador não se preocupará muito em controlar o ritmo para pode driblar ou realizar uma finta, podendo de forma mais fácil realiza-los enquanto explora a velocidade do jogador.
Já que falamos de defesa, essa área receberá duas novidades: Agora, as divididas levarão em conta o porte físico dos jogadores. Ou seja: Se caso o atacante Robinho entrar em uma dividida com o zagueiro Piqué, o espanhol em via de regra levará vantagem e ficará com a bola.
A outra mudança está nos goleiros: Na demo já demonstra que os goleiros estão bem melhores, pois no FIFA 14 ocorria várias vezes de goleiros conceituados como o croata Peter Cech ou o catalão Victor Valdéz levarem gols “bobos” de fora de área ou “frangarem” vergonhosamente sem nenhuma explicação plausível (o que irrita – e muito – quando se joga online contra outro jogador).
09.fifa15demo_principal

Gráficos

Os gráficos sempre foram um ponto forte nos outros jogos do FIFA, e nessa última versão parece que não irá desapontar.
Os gráficos estão visivelmente melhorados (em comparação ao FIFA 14), a expressão facial dos jogadores estão bem convincentes. Consegue-se perceber a tensão no rosto de um jogador antes de bater um pênalti como também a alegria de marcar um gol ou a raiva quando se discute com o juiz.
A textura dos jogadores também melhorou consideravelmente. Os uniformes estão bem mais bonitos. E aí vem a diferença entre as versões testadas pela equipe do Ambrosia: No PC, a grama está muito mais realista do que no Xbox 360. Realmente parece um tapete verde!
Na versão PC apresenta algumas “cut-scenes”, como por exemplo uma conversa entre dois jogadores decidindo quem cobrará a falta. Essas cut-scenes são em tempo real, muito bem feitas com um efeito similares a uma transmissão de Televisão real e podem ser ignoradas apertando qualquer botão.
O visual do menu do jogo ficou mais dinâmico, em tons de preto e dourado enfatizando a foto dos jogadores. O menu de substituições e mudança de posicionamento tático podem parecer um pouco complicado de inicio, mas depois de 2 jogos ou 3 se torna intuitivo e versátil.
Já a torcida recebeu uma melhora mínima: Em alguns momentos parece bastante real, porém quando a câmera está próxima pode se notar alguns “clones” e movimentos robóticos e repetitivos, mas nada que prejudique o brilho do game!

Som

A parte sonora do jogo continua basicamente a mesma dos outros jogos.
A demo suporta apenas a narração original do jogo, feita tradicionalmente pelos ingleses Martin Tyler e Alam Smith. Aqui no Brasil, desde o FIFA 13, as narrações ficam por conta de Tiago Leifert (apresentador do Globo Esporte de São Paulo, na TV Globo) e comentários de Caio Ribeiro (ex-jogador com passagens no Flamengo, Fluminense, Santos, Napoli, etc…).

Considerações Finais

O que pode se esperar do FIFA 15 é um grande jogo de futebol, com um poder de envolver o gamer e simular com precisão cirúrgica todos os detalhes de uma grande partida de futebol.
Mas nem tudo é um mar de rosas: Já foi informado que o FIFA 15 não trará mais o Campeonato Brasileiro e tampouco algum time licenciado, deixando apenas os jogadores que atuam em solo nacional com seus nomes originais, aparências e atributos, mas sem afiliação com clubes daqui.
Agora a grande dúvida está no modo mais popular do jogo atualmente: O Ultimate Team!
Quais serão as mudanças? Serão boas ou ruins? Existirão novos modos de jogo ou de transação?
Isso só saberemos no dia 23 de setembro, data marcada para o lançamento do jogo. Para quem quiser adquirir o jogo para começar suas jogatinas no dia do lançamento, a EA Sports está realizando a pré-venda do game a partir de R$ 99,90 (PC – versão padrão).

3 opinaram!

Deixe sua opinião!

Participe com sua opinião!

Aprendiz

Publicado por Murilo Abud

“FIM” e o anagrama de começo subvertido no título da obra literária

Crítica: "Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário" serve apenas como tributo nostálgico