Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

Maior vazamento da história do Xbox revela nova geração, planos de comprar Nintendo e muito mais!

O vazamento de documento judicial revelou uma tonelada de informações sobre os planos da Microsoft para a indústria de games e, claro, para as próximas novidades Xbox! O caso já é tratado pela imprensa como o maior vazamento da história da indústria de games, o que não deve ter deixado os executivos da empresa nada felizes. Conheça as novidades!

Atualização totalmente digital do Xbox Series X

A Microsoft está lançando uma atualização do Xbox Series X com um design arredondado totalmente novo. Com o codinome “Brooklin”, um Series X atualizado terá o dobro do armazenamento interno, menor uso de energia, conectividade Wi-Fi 6E e outras atualizações tecnológicas. Este modelo terá um design cilíndrico, em comparação com o quadrado original da Série X.

A Microsoft está planejando abandonar a unidade de disco do console. Ainda não está claro se haverá uma unidade de disco externa disponível – como relatos apontam que será o caso de uma atualização do PlayStation 5. Seria uma mudança significativa para o Xbox não oferecer mais uma unidade de disco como padrão e talvez acelerar a morte dos discos físicos para games.

Ainda segundo os documentos, a Microsoft planeja vender o Series X atualizado por US$ 499, o mesmo preço do console atual.

Novo controle Xbox

A Microsoft também está planejando lançar um controle Xbox atualizado no próximo ano, de acordo com o documento não editado. Com o codinome “Sebile”, o periférico está programado para ter “feedback tátil de precisão” – buscando competir melhor com o DualSense da Sony, botões mais silenciosos e, como alguns controladores premium, botões modulares. Diz-se que há suporte para emparelhamento “perfeito” e alternância entre dispositivos com a ajuda de novos recursos de aplicativos móveis.

Curiosamente, um recurso “direto para a nuvem” é mencionado em um slide. Isso sugere que a Microsoft está se concentrando em reduzir a latência de entrada para jogos transmitidos da nuvem, como o Google tentou com o Stadia Controller.

Sebile está previsto para chegar em maio, segundo os documentos. Espera-se então que a Microsoft anuncie a nova Série X (e uma atualização da Série S) em junho, provavelmente em seu showcase anual de verão. Espera-se que a atualização da Série S de US$ 299 esteja à venda por volta de agosto ou setembro de 2024, com a Série X reforçada programada para chegar alguns meses depois.

Parece que a Microsoft também está planejando uma liquidação da atual Série S, já que um slide menciona uma oferta de US$ 199 para a Black Friday 2024.

O Xbox da próxima geração pode ser um console ‘híbrido em nuvem’

Ainda não estamos na metade da atual geração de consoles, mas é claro que a Microsoft está pensando no que vem pela frente. Espera-se que o Xbox de próxima geração, previsto para chegar em 2028, suporte “jogos híbridos em nuvem”.

Não há muitos detalhes disponíveis sobre isso, mas está claro que a empresa está caminhando nessa direção há algum tempo. O Microsoft Flight Simulator, por exemplo, incorpora dados meteorológicos em tempo real extraídos da internet. O Xbox também tem feito um grande avanço nos jogos em nuvem nos últimos anos.

Há uma implicação de que o Xbox da próxima geração terá um requisito de estar sempre online para determinados jogos. É totalmente plausível que ainda haja uma divisão digital considerável até 2028, o que poderia impedir que algumas pessoas em áreas rurais ou outras regiões com acesso deficiente à Internet pudessem jogar adequadamente no próximo grande videogame da Microsoft.

O chefe do Xbox, Phil Spencer, quer comprar a Nintendo

O CEO da Microsoft Gaming, Phil Spencer, acha que seria muito legal se a empresa comprasse a Nintendo. Spencer sugeriu em um e-mail interno de 2020 discutindo as metas de aquisição. Segundo um e-mail, o chefão Microsoft viu isso como um potencial “momento de carreira”.

O documento aponta para outros possíveis alvos de aquisição, incluindo a Valve. Spencer mencionou que sua equipe estava em negociações ativas com a Warner Bros. Interactive e a ZeniMax Media, controladora da Bethesda. Ambos estavam aparentemente abertos a um acordo e embora as conversações não tenham funcionado a favor da Microsoft, a empresa comprou o ZeniMax por US$ 7,5 bilhões.

Ainda que altamente improvável que a Microsoft consiga compre a Nintendo – reguladores antitruste certamente teriam muito a dizer sobre isso, especialmente depois da compra da ZeniMax pela Microsoft e do seu acordo pendente de US$ 68,7 bilhões com a Activision Blizzard, não é difícil imaginar que as autoridades japonesas não ficariam muito satisfeitas com o facto de uma empresa americana comprar uma das marcas mais conhecidas do país.

Próximos games!!

O vazamento também esclareceu os planos do Xbox para os próximos jogos da plataforma. Parece que novos jogos Doom e Dishonored estão em preparação. Este último veria Arkane retornando a uma série de sucesso após Redfall. Fallout 3 Remaster, Oblivion Remaster e uma sequência de Ghostwire: Tokyo também são mencionados nos documentos vazados.

É importante notar, no entanto, que este roteiro da Bethesda foi produzido para os anos de 2020 a 2024. Assim, muita coisa certamente mudou e não está claro se algum desses projetos não anunciados realmente virá à tona. Ainda assim, é difícil imaginar que não exista algum game da franquia Doom em desenvolvimento.

Outras revelações…

Isso tudo é a ponta do iceberg quando se trata de documentos vazados. Há detalhes sobre tudo, desde a receita do Game Pass até as reações dos líderes da Microsoft ao anúncio do PlayStation 5 e Spencer revelando que comprou seu próprio PS5 (ele teve que comprar um pacote com Horizon Forbidden West incluído).

O momento desse vazamento não poderia ter sido pior para a Microsoft, já que estamos entrando no período crítico de férias. A empresa estava apostando que Starfield seria um sucesso para ajudá-la com a venda de consoles e as assinaturas do Game Pass nos últimos meses do ano. Estas novidades também não ajudarão as pessoas que estavam em dúvida a comprar um Xbox em breve, principalmente sabendo que a Série X renovada está a caminho no próximo ano. Isso pode fazer com que a Microsoft perca mais terreno contra a Sony e a Nintendo, que parece prestes a estrear um novo console em 2024.

A FTC, que ainda tem um processo em andamento na tentativa de bloquear o acordo Microsoft-Activision, alegou que não é culpada pelo vazamento. “A Microsoft foi responsável pelo erro ao enviar esses documentos ao tribunal”, disse Douglas Farrar, diretor do escritório de relações públicas da FTC, à NBC News. Independentemente de como todas essas informações tenham sido divulgadas, algumas cabeças certamente estão rolando na sede da Microsoft hoje.

Com informações via engadget, the verge.

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

Busão das Artes transmite conhecimento por São Paulo

Próxima publicação

14 Bis encontra Sá e Guarabyra e Flávio Venturini no Rio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir