em

“O Herói Perdido” traz novo fôlego a saga dos semideuses de Riordan

Quase um ano após o término da série de Percy Jackson e os Olimpianos, Rick Riordan dava início a uma nova aventura. O livro, “O Herói Perdido” (Editora Intrínseca – 432 páginas) é o ponto de partida para a saga dos Heróis do Olimpo, abrindo assim, um leque enorme de personagens e mais mitologia grega e romana.

livro_lostheroJason acordou na traseira de um ônibus escolar, sem entender bem como foi parar ali. Tudo parece estranho e para completar, ele está de mãos dadas com uma menina chamada Piper que lhe faz perguntas, assim como um outro menino, Leo. Tudo o que ele sabe, é que não sabe de nada. Está com amnésia e só descobriu se chamar Jason, porque os dois garotos lhe contaram. O ônibus em que os três estão é da Escola da Vida Selvagem, um lugar para adolescentes problemáticos. Enquanto o Treinador Hedge grita algumas instruções lá na frente, Jason tem a nítida sensação de que o treinador sabe que ele não é um aluno. A excursão está se dirigindo ao Grand Canyon e por mais que tente, Jason não consegue se lembrar de absolutamente nada. Ao chegarem ao local, enormes nuvens escuras se aproximam anunciando uma tempestade. Ventos fortes começam a soprar e um dos alunos, Dylan, se transforma em um monstro.
Seguindo seus instintos, Jason começa a lutar contra ele, enquanto mais monstros, venti, espíritos responsáveis por controlar os ventos começam a surgir. Uma batalha se inicia e os três lutam bastante, mas o Treinador é capturado e levado como refém. Do céu chega o reforço à cavalo. Uma menina loira de olhos cinzas salta da carruagem e pergunta pelo Treinador, os três contam o que houve e ela os leva até o Acampamento Meio-Sangue. Lá ela explica que na verdade eles são semideuses e que muito em breve seus verdadeiros pais irão reclama-los. Não demora muito, um martelo surge na cabeça de Leo, o que significa que ele é filho de Hefesto. Piper fica confusa, pois não sabe se quer realmente descobrir quem é sua mãe, além do mais, ela vem guardando um segredo de seus amigos, que poderá colocar a todos em perigo. Já Jason, para surpresa de todos, incluindo a dele mesmo, era filho de Júpiter, a forma romana de Zeus. Além do mais, Jason sabe falar latim fluentemente, enquanto os demais campistas, falam grego, o que causa ainda mais estranheza de todos. Para completar, ele recebe uma profecia e tem uma missão a cumprir. Precisa resgatar Hera das mãos de um novo e poderoso vilão que está surgindo e só assim conseguirá recuperar sua memória e entender porque tudo aconteceu. O que aconteceu a Percy? Só lendo para descobrir.
RICK-RIORDAN-Marty-Umans1

Rick Riordan consegue se superar criando uma nova aventura, mais emocionante, que mistura agora mitologia grega com romana. Muitos torcem o nariz e criticam a maneira como Riordan faz uso da mitologia em seus livros, esquecendo que o público-alvo são crianças e adolescente de 10 a 17 anos. Mentes curiosas, que ao gostar de uma história, irão procurar mais a respeito e aprender mitologia por elas mesmas. Vão conhecer Hércules, Jasão, Perceu, Helena, Paris e muitos, muitos outros. Com isso, Riordan ganha muitos pontos.
Sua narrativa melhorou bastante. Não que em sua outra saga fosse ruim, não. Mas, é fato que com a prática ele aprendeu a acelerar mais a trama, dando uma movimentação emocionante e criando um destaque para todos os personagens. Assim como o tempo passou, seus personagens também cresceram, agora adolescentes, enfrentam outros dilemas pessoais e aventuras ainda mais perigosas. Somos apresentados a novos e cativantes personagens e também velhos conhecidos como, Annabeth, Quirón e Clarice. A saga já possui três livros lançados: O Herói Perdido, “O Filho de Netuno” e “A Marca da Atena”, todos da Editora Intrínseca. Este ano, em 08 de Outubro, o quarto livro, “A Casa de Hades”, terá lançamento simultâneo com os Estados Unidos, portanto, os fãs brasileiros não precisarão esperar pela tradução. Um sinal de que os fãs brasileiros estão em alta com Riordan.

Uma coisa é certa: Riordan sabe escrever e contar uma ótima estória de aventura, fazendo com que o leitor fique preso a saga até o final.

*Este livro foi uma cortesia da Editora Intrínseca

alguém opinou!

Deixe sua opinião!

Participe com sua opinião!

Ativista

Publicado por Melissa Andrade

ColecionadorNarutoRepórterFanáticos por SériesSuper-fãsFotógrafo

Uma vingadora de burca, quem diria?

Com humor afiado e muito bem ilustrado, “Pavor Espaciar” é singular