em

Publicação da antologia Literaturas Invisíveis pela UFMS

Após a publicação da antologia Volta ao Mundo da Ficção Científica, em 2007, os pesquisadores Edgar Cézar Nolasco e Rodolfo Rorato Londero dedicaram-se ao estudo do que denominam literaturas invisíveis, obras que apesar do reconhecimento por públicos específicos, são tratadas em sua maioria com indiferença pelos meios acadêmicos e pelo mercado editorial. Contudo, tal condição abriga também possibilidades maiores para experimentações culturais e políticas, abrindo espaço para a contestação das definições canônicas de literatura. A pesquisa de tais potencialidades teve como resultado a antologia Literaturas Invisíveis: Ficção Científica, Auto-Ajuda e Cia, lançada recentemente pela editora da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS).

Nos primeiros cinco artigos da coletânea, aspectos diversos da produção de Paulo Coelho são explorados por Edgar Cezar Nolasco, Sayonara Amaral, Vânia Correia Cafeo, Eusvaldo Rocha Neto e Pablo Lemos Berned, variando da discussão acerca da relatividade das noções de altas e baixas literaturas presente em Declínio da Literatura/Ascensão da cultura: o intelectual pop-star cult Paulo Coelho à análises sobre suas estratégias de divulgação e autopromoção em À margem da academia, no centro do sucesso: uma receita à moda Paulo Coelho e Leitura e contracultura em Paulo Coelho.

Os artigos de Rodolfo Rorato Londero, Biagio D’Angelo, Jean-Marc Lofficier, Luis Pestarini, Alice Signorini Feldens e Arnaldo Pinheiro Mont’Alvão Júnior abordam a ficção científica considerando tanto sua temporalidade quanto especificidades culturais. Em Histórias do possível: ensaio sobre a possível relação entre a Ucronia e a Historiografia, Ana Cristina Campos Rodrigues reflete acerca das possíveis relações entre discurso científico e ficcional, enquanto os possíveis significados políticos radicais expressos em algumas das principais obras de fantasia heróica ou épica publicadas no século XX são o tema de Caio Alexandre. Encerrando a antologia, Isabella Santos Mundim analisa a prática textual fannish, o processo em que os fãs se engajam quando assistem a seriados de TV, continuando a narrativa veiculada por meio da leitura e escrita.

Literaturas Invisíveis: Ficção Científica, Auto-Ajuda e Cia. custa R$ 30,00 e pode ser adquirido diretamente com Núcleo de Estudos Culturais Comparados (NECC) pelo e-mail [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

3 Comments

Navegante

Publicado por Leandro R. Fernandes

Desbravadores do Oculto é liberado gratuitamente

Algumas respostas sobre o futuro do World of Darkness?