Aramà lança disco ‘Luz e Sombras’ com sonoridade pop brasileira

Com produção musical de Felipe Cordeiro, projeto reúne participações especiais de Aíla, Maia, Luê, Jeff Moraes, Samuca e a Selva e Chibatinha, do ÀTTØØXXÁ

15
0

Aramà estreia álbum intitulado ‘Luz e Sombras’, guiado por guitarras com tempero baiano, beats dançantes tropicais, reggaetom, tecno-brega-funk e outros climas quentíssimos que contam com a produção musical de Felipe Cordeiro.

Durante um tempo, Aramà enfrentou desafios criativos, lutando contra a falta de inspiração. No entanto, ao abrir um livro antigo de sua infância sobre os mitos da Grécia Antiga e da cultura greco-romana, a cantora encontrou a faísca necessária para dar vida às faixas do álbum. As histórias das deusas Ariadne, Medusa e Pandora se tornaram a base para a criação do repertório.

‘Luz e Sombras’ apresenta uma sonoridade pop brasileira, evidenciando a identidade musical de Aramà, mesmo sendo de origem italiana. O álbum conta com participações especiais de artistas como Aíla, Maia, Luê, Jeff Moraes, Samuca e a Selva e Chibatinha, do ÀTTØØXXÁ.

Aramà compartilha, ao longo das 8 composições, uma mensagem de amor, buscando transmitir a importância da transparência e autenticidade nas relações humanas. O álbum destaca, ainda, a importância do bem e do mal coexistirem, convida os ouvintes a se entregarem a uma experiência intensa e dançante.

“Todes nós possuímos sentimentos negativos e positivos. Aprender a lidar e conviver com essas emoções, utilizando-as de forma construtiva, nos permite encontrar equilíbrio, sabedoria e evoluir tanto pessoal quanto profissionalmente. Ao aceitarmos e integrarmos nossa dualidade, podemos viver autenticamente e iluminar o caminho não apenas para nós mesmos, mas também para os outros ao nosso redor. É sobre isso que, principalmente, me proponho a refletir neste trabalho”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *