em ,

Bill Withers, outra lenda da música, nos deixa nesta semana

Cantor de grandes de sucessos, como “Lean on Me”, “Ain’t No Sunshine” e “Lovely Day”

Cantor e vencedor do Grammy, Bill Withers faleceu neste triste início de abril 2020 – numa semana com grandes perdas devido ao coronavírus – por complicações cardíacas, segundo comunicado oficial da família.

Cantor de grandes clássicos como “Lean on Me”, “Ain’t No Sunshine”, “Use Me”, “Just the Two of Us”, e “Lovely Day”, Withers nasceu numa pequena cidade mineira chamada Buckley, West Virginia, passando por uma vida difícil até conseguir escapar dali ao se alistar na Marinha dos Estados Unidos.

Após dispensa, Bill Withers se mudaria para Los Angeles, onde perseguiria sua carreira musical durante a noite, enquanto passava os dias trabalhando para sobreviver.

Em 1970 conseguiu seu primeiro contrato com a gravadora Stax Records, que colocou Booker T. Jones produzir o disco de Withers. Just As I Am foi lançado em 1971 arrebatando grande sucesso com “Ain’t No Sunshine”, que daria o Grammy também para o artista no ano seguinte.

Trata-se de uma música verdadeiramente maravilhosa, um clássico que figura numa lista muito seletiva dos trabalhos artísticos mais expressivos do século XX, confira:

Com uma personalidade descrita como forte e polêmica, Withers passou sua carreira brigando com as gravadoras, chegando inclusive a queimar uma master de um disco que acabou perdido. Muitas destas brigas também levaram Withers a se afastar de sua carreira e colaborar com diversos outros artistas até largar carreira musical em 1985.

Questionado no futuro sobre ter largado sua carreira de sucesso no topo, Bill Withers revelou que para ele já tinha dado. Não sentia vontade de subir nos palcos e realizar turnês, querendo viver como uma pessoa comum.

Indicado 7 vezes ao Grammy e vencedor por 3 vezes, Bill Withers entrou para o Rock and Roll Hall of Fame em 2015 e teve também sua vida retratada em documentário “Still Bill”, de 2009.

“Lovely Day”, outro grande sucesso de Bill Withers:

Bill Withers ao vivo em 1972:

Deixe sua opinião