em

Björk 2015: seu novo disco “Vulnicura”

O lançamento de Vulnicura, seu último álbum desde Biophilia (lançado em 2011), era anunciado para março mas tivemos uma boa surpresa e o álbum caiu na rede essa semana. Não se sabe se é alguma estratégia ou como, porque isso aconteceu.

10827901_10152985512996460_481748786835853645_o

Produzido junto com o venezuelano Arca (que também contribuiu para o célebre Yeezus de Kanye West e com FKA Twigs), Björk já anunciou em seu facebook as datas da turnê de Vulnicura em Nova York – que seguem até junho. O álbum também teve colaboração e foi mixado por Bobby Krlic, conhecido como The Haxan Cloak e também tem participação de Antony Hegarty, da banda Antony and the Johnsons, que já trabalhou com Björk algumas vezes.
As 9 músicas que compõem o álbum trazem a sensibilidade de sempre de Björk.
 
10933822_10152971602801460_4369396233513537249_n
O álbum se conecta muito mais com o sensorial e com emoções do que Biophilia, e move o ouvinte não só pelas letras mas pela energia “fria” e abstrata das batidas e das vibrações. Há um ambiente de mistério e envolvimento, algo que se mexe internamente e de forma tão intensa mas que se aproxima sutilmente.Um álbum para 2015 de fato mas que lembra outros trabalhos como o álbum Medulla e a benevolência da trilha sonora The Music from Drawing Restraint 9, composta em 2004 por Björk.10606510_10152977052456460_5507769687836972442_n
Faixas de Vulnicura:
01. Stonemilker
02. Lionsong
03. History of Touches
04. Black Lake
05. Family
06. Notget
07. Atom Dance
08. Mouth Mantra
09. Quicksand

Participe com sua opinião!