em , ,

Bono ataca Bolsonaro em show na Irlanda do Norte

Vocaista do U2 ironiza o presidente brasileiro eleito chamando-o de “Capitão Bossanova”

Roger Waters não está sozinho. Bono do U2 também fez críticas ao presidente eleito Jair Bolsonaro em um show em Belfast, Irlanda do Norte, na noite do domingo (dia 28 de outubro), dia da eleição no Brasil. No momento em que encarna o alter ego MacPhisto, Bono critica líderes mundiais de caráter duvidoso e ironiza o presidente eleito pelos brasileiros. ‘Duzentos milhões de pessoas prestes a ter seu carnaval transformado numa parada militar’, disse o cantor.

“O que vocês estão olhando, Belfast? Vocês nunca viram um político antes?”, questiona o músico. “Os demônios de MacPhisto estão tomando o poder ao redor do globo. Meu tipo de pessoa, como Donald, fazendo a América odiar de novo.
Meu bonitão filipino, Rodrigo Duterte. Mesmo hoje, nesse dia de eleição. Duzentos milhões de pessoas prestes a ter seu carnaval transformado numa parada militar por um homem chamado Capitão Bossa Nova. Bolsonaro, não esqueçam o nome. Muitos nomes, mas apenas um rosto. O meu.”
Logo na sequência, Bono segue o discurso dando a deixa para o início da canção “Acrobat”, do álbum “Achtung Baby”, com os versos “Não acredite no que você ouve, não acredite que você vê. Se você fechar os olhos, pode sentir o inimigo.”
 

Deixe sua opinião