em ,

Branca Lescher e Zeca Loureiro lançam novo single “Rapaz da Aldeia”

Música une influências da bossa nova e do samba em letra cantada em dois idiomas

Branca Lescher - Credito @fdefraga
Branca Lescher - Credito @fdefraga

A cantora e compositora Branca Lescher se une a Zeca Loureiro (O Teatro Mágico) na canção “Rapaz da Aldeia”, um samba/bossa com letra em português e inglês. O single é também uma parceria com o músico Sergio Bello e traz a ideia do amor romântico que embriaga o ser de leveza e alegria. Esta sensação é impressa no clipe que traz um casal de bailarinos que, embora fisicamente separados, são atraídos pelo doce sentimento que os cerca.

“A ideia do clipe surgiu a partir da letra da canção, que fala de um amor tranquilo, remonta a um romance idílico, um samba leve e o arranjo captou muito bem o sentimento da canção.A diretora perguntou-se como captar o amor entre duas pessoas que não estão compartilhando o mesmo espaço físico. A partir da indagação veio a ideia da sombra e da presença física dialogando juntas em uma dança. Com o roteiro aprovado, foram definidas as cores utilizadas, tons de azul, rosa e amarelo. O sentido surge a partir do encontro dos bailarinos.”, explica Branca Lescher.

Branca Lescher - Credito @fdefraga
Branca Lescher – Credito @fdefraga

A cantora Branca Lescher traz em sua discografia quatro discos, sendo dois de interpretações de clássicos da MPB, do samba e da bossa nova, lançados em 2002 e 2005. O primeiro disco autoral, “Branca” (2017) contou com turnê patrocinada via ProAC (Programa de Ação Cultural), do Estado de São Paulo. O trabalho também levou a artista para palcos portugueses, chegando a ser considerada Artista Revelação (2019) e a participar do IV Festival de Poesia e a tocar no MIMA (Museu Internacional da Mulher de Lisboa). Já o segundo álbum, “Eu não existo” (2020) contou com os arranjos de Marcelo Segreto (Filarmônica de Pasárgada) e foi elogiado pela mídia especializada.

“Comecei a cantar desde sempre e a estudar canto também. Comecei cantando os clássicos americanos e muita  bossa nova, mas sou da geração dos anos 80 e a vanguarda paulistana foi a música da minha adolescência, o que fica claro no meu modo de cantar, quase falado. Compor foi um processo natural que anda de mãos dadas com a escrita e com a poesia. As letras das canções são sempre minhas e em algumas também criei a música. Sem ser clichê, a vida só faz sentido para mim se puder me expressar artisticamente, seja cantando, compondo ou escrevendo.”, define Branca.

O single Rapaz da Aldeia traz letra de Branca Lescher e música de Sergio Bello, com tradução para o inglês de Matthew Rinaldi. Participam os músicos Zeca Loureiro (voz, violão e baixo), Sidney Ferraz (piano), Chrys Galante (percussão), Willbone (flugelhorn, sax soprano e flauta). A produção, arranjo, mixagem  e masterização foram realizadas por Zeca Loureiro. O clipe conta com direção de Amabile Barel, e conta com coreografia de Sofia Tsirakis, com co-autoria dos bailarinos Camila Bosso e Ricardo Januário. O vídeo foi gravado no Studio Boop (SP) e contou com Cecília Pompéia (cinegrafista), Diego Carvalho (direção de fotografia) e Rafaela Soli (edição).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *