Coala Festival lança álbum com Gal Costa, Maria Bethânia, Djavan, Gilberto Gil e mais

8
0

O Coala Records — selo do festival — lançou nesta semana o registro ao vivo da última edição do festival, marcada por nomes como Gilberto Gil, Djavan, Maria Bethânia e Alceu Valença no palco, com 12 faixas que navegam pelas sonoridades da edição.

“Sempre que penso em um álbum, penso no futuro e em como ele pode reverberar daqui a 30, 40, 50 anos porque todo álbum é um registro histórico. O “Ao Vivo no Coala” é uma fotografia do momento que estamos passando no Brasil hoje por retratar o encontro de gerações, a transição da música brasileira do século 20 para o século 21, a multiplicidade de gêneros e o estilo de curadoria que gostamos de fazer”, explica Gabriel Andrade, sócio-fundador e curador do festival.

Abre a coletânea de 12 faixas a gravação de “Tigresa”, cantada por Gal Costa com Rubel e Tim Bernardes. “Gal está entre as maiores cantoras do Brasil e do mundo, é fundamental na nossa música e teve uma imensa contribuição para o imaginário popular brasileiro. É quase inacreditável que o último show dela tenha sido no Coala; foi um show lindo, potente, eterno para todos que estavam lá. Ter esse registro é uma grande honra e faz com que, de certa forma, essa edição do Coala também seja eternizada. , pontua Fernanda Pereira, diretora geral do evento.

Ainda fazem parte do álbum as canções “Um Índio”, na voz de Maria Bethânia; “Baby 95”, de Liniker; “Garota de Ipanema”, cantada por Gilberto Gil e a neta, Flor Gil; “Açaí”, de Djavan; “Por Supuesto”, de Marina Sena; “Girassol”, de Alceu Valença; “Maresia”, de Rachel Reis, “Bombinha”, de Juliana Linhares e Chico Chico; “Planos”, do rapper BK’; “Lua Comanche”, do grupo Bala Desejo; e “Cifrão In Pé”, de Nego Bala. Os dois últimos, inclusive, fazem parte do selo Coala Records. “Esse disco une gigantes como Gal Costa, Maria Bethânia, Gilberto Gil, Djavan e Alceu a diversos novos artistas e bandas que estão se destacando atualmente; alguns que estavam, inclusive, apresentando seu primeiro álbum no festival, como Bala Desejo, Marina Sena, Rachel Reis, Nego Bala e Juliana Linhares”, completa Gabriel.

Tracklist:

  1. “Tigresa” – Gal Costa, Rubel e Tim Bernardes
  2. “Garota de Ipanema” – Gilberto Gil e Flor Gil
  3. “Um Índio” – Maria Bethânia
  4. “Açaí” – Djavan
  5. “Girassol” – Alceu Valença
  6. “Bombinha” – Juliana Linhares e Chico Chico
  7. “Lua Comanche” – Bala Desejo
  8. “Baby 95” – Liniker
  9. “Por Supuesto” – Marina Sena
  10. “Maresia” – Rachel Reis
  11. “Cifrão In’Pé” – Nego Bala
  12. “Planos” – BK’

Ficha Técnica:

Produção: Coala.Music
Engenheiro de Gravação: Guilherme Batoh
Mixagem: Claudio Abuchaim
Duda Mello / DSP Studio (“Tigresa”)
João Milet e Feijuca (“Baby 95”)
Edu Costa (“Um Índio”)
Marcelo Saboia (“Açaí”)
Masterização: Claudio Abuchaim
Alexandre Rabaço / Aura Studio (“Tigresa”)
João Milet (“Baby 95”)
Marcelo Saboia (“Açaí”)
Tratamento de Voz: Dani Mariano (“Baby 95”)
Edição de Áudio: Lucca Bruno
Selo: Coala Records

“Tigresa” (Gal Costa, Rubel part. Tim Bernardes)
Voz: Gal Costa
Voz e Violão: Rubel
Voz e Guitarra: Tim Bernardes
Bateria: Vitor Cabral
Teclado: André Lima
Baixo: Fábio Sá

“Garota de Ipanema” (Gilberto Gil e Flor Gil)
Voz e Violão: Gilberto Gil
Bateria: Marcelo Costa
Guitarra: Guilherme Lirio
Baixo: Ben Gil
Voz e Teclado: Flor Gil

“Um Índio” (Maria Bethânia)
Voz: Maria Bethânia
Violão: João Camarero
Percussão: Lan Lanh
Percussão: Marcelo Costa
Baixo: Jorge Helder
Violas, Violão e Guitarra: Paulo Dafilin
Piano: Marcelo Caldi

“Açaí” (Djavan)
Voz: Djavan
Teclado: Paulo Calasans
Bateria: Felipe Alves
Teclado: Renato Fonseca
Baixo: Marcelo Mariano
Guitarra: Torcuato Mariano Martinez
Trompete e Fluguelhorn: Diogo Gomes
Sax e Flauta: Marcelo Martins
Trombone: Rafael Rocha

“Girassol” (Alceu Valença)
Cantor e Compositor: Alceu Valença
Bateria: Cássio Cunha
Teclado: Tovinho
Baixo: Nando Barreto
Guitarra: Zi Ferreira
Sanfona: André Julião

“Bombinha” (Juliana Linhares e Chico Chico)
Voz: Juliana Linhares
Voz: Chico Chico
Teclado: Pedro Fonseca
Bateria: Lourenço Vasconcellos
Baixo: Miguel Toledo
Guitarra: Elísio Freitas
Percussão: Boka Reis
Guitarra: Caio Barreto

“Lua Comanche” (Bala Desejo)
Voz: Dora Morelenbaum
Voz, Teclado e Guitarra: Lucas Nunes
Voz e Violão: Zé Ibarra
Voz: Julia Mestre
Bateria: Thomas Harres
Percussão: Daniel Conceição
Baixo: João Moreira
Trompete: Diogo Gomes
Sax: Jorge Continentino
Trombone: Rafael Steinbruck
Trompete: Gilberto Júnior
Trompete: Anderson Bicudo

“Baby 95” (Liniker)
Arranjo, Direção Musical e Voz: Liniker
Violão, Cavaquinho e Arranjo: Fejuca
Baixo: Ana Karina Sebastião
Bateria: Serginho Machado
Teclado: Vitor Arantes
Percussão: Dennys Silva
Trombone: Ed Trombone
Sax: Sintia Piccin
Trompete: Richard Fimino

“Por Supuesto” (Marina Sena)
Voz: Marina Sena
Guitarra: Janluska
Baixo: Levy Santiago
Bateria: Iuri Rio Branco
Edição de Voz: Enrico Nulman

“Maresia” (Rachel Reis)
Voz: Rachel Reis
Guitarra: Guilherme Assis
Baixo: Tomaz Loureiro
Bateria: Paulo Tiano

“Cifrão In Pé” (Nego Bala)
Voz: Nego Bala
MPC/DJ: Pedro Starosta Luce
Teclado: Bruno Bruni
DJ: Wagner da Silva Dias
MPC: Arthur Soares

“Planos” (BK’)
Voz: BK’
Voz: Luccas Carlos
Dobra: JXNV$
DJ: Thiago Diaz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *