em

Entenda as principais categorias do Grammy

Explicamos a diferença entre Álbum, Canção e Gravação do ano na premiação

Assim como no Oscar, é simples compreender para que se destina a maior parte dos prêmios no Grammy. No entanto, as três categorias principais confundem muita gente por suas peculiaridades. Vamos então explicar cada uma para que na noite desse domingo, quando serão entregues os gramofones dourados, possa haver uma maior clareza.

Álbum do Ano

O  Álbum do Ano é o Grammy de maior prestígio. É o equivalente ao Oscar de Melhor Filme. A categoria considera o álbum inteiro como uma obra, desde as faixas, passando pela produção e concepção artística.

Originalmente, o prêmio de Álbum do Ano era concedido apenas ao artista creditado com a criação do álbum e aos produtores do álbum. Só que, desde 1999, quando Lauryn Hill levou o prêmio por seu “The Miseducation of Lauryn Hill”, os engenheiros de som e mixers do álbum também são agraciados, assim como quaisquer artistas de destaque que aparece no álbum. No entanto, os compositores do álbum não estão incluídos neste prêmio.

Indicados desse ano na categoria

  • “Invasion of Privacy,” Cardi B
  • “By the Way, I Forgive You,” Brei Carlile
  • “Scorpion,” Drake
  • “H.E.R.,” H.E.R.
  • “Beerbongs & Bentleys,” Post Malone
  • “Dirty Computer,” Janelle Monae
  • “Golden Hour,” Kacey Musgraves
  • “Black Panther: The Album,” Kendrick Lamar

Gravação do Ano

Essa categoria gera uma certa confusão com a a que trataremos a seguir, Canção do Ano, já que que ambos os prêmios vão para músicas individuais. Porém, é simples distinguir. A Gravação do Ano vai, em primeiro lugar, para o artista que interpreta. Canção do Ano para o compositor.

O Grammy de Gravação do Ano é entregue ao artista, e também aos produtores, aos engenheiros de som, ao engenheiro principal e aos mixers de som. Segue os mesmos critérios do Álbum do Ano, só que se relaciona a uma faixa, e não ao disco.

O prêmio também se correlaciona diretamente com a maneira como os direitos autorais da música são criados. Para cada música, há pelo menos dois direitos autorais: o que vai para o compositor e o que vai para o intérprete. Esses direitos autorais determinam como os colaboradores de uma música são pagos e quanto são pagos. Os responsáveis pelo som (não as letras e a melodia) possuem o copyright “Gravação de Som”.

Indicados desse ano na categoria

  • “I Like It,” Cardi B, Bad Bunny & J Balvin
  • “The Joke,”  Brei Carlile
  • “This is America,” Childish Gambino
  •  “God’s Plan,” Drake
  • “Shallow,” Lady Gaga e Bradley Cooper
  • “All The Stars,” Kendrick Lamar e SZA
  • “Rockstar,” Post Malone feat. 21 Savage
  • “The Middle,” Zedd, Maren Morris e Grey

 

Canção do Ano

E finalmente, a canção do ano premia não quem interpretou, mas quem compôs a música. O que causa a confusão é o fato de que quem aparece como indicado é o artista, que também é quem vai receber o prêmio. Mas é o compositor que recebe a láurea. A categoria deveria ser chamada de Composição do Ano, na verdade. No campo legal, esse lado dos direitos autorais é conhecido como direitos autorais mecânicos (o nome deriva da invenção de pianos mecânicos). Esse direito autoral só vai para o compositor, assim como o prêmio. Claro, às vezes coincide de o artista que interpreta a música também ser autor ou coautor.

Indicados desse ano na categoria

  • “All The Stars,” Kendrick Duckworth, Mark Spears, Al Shuckburgh, Anthony Tiffith e Solana Rowe
  • “Boo’d Up,” Larrance Dopson, Joelle James, Ella Mai, e Dijon McFarlane
  •  “God’s Plan,” Aubrey Graham, Daveon Jackson, Brock Korsan, Ron Latour, Matthew Samuels e Noah Shebib.
  • “In My Blood,” Teddy Geiger, Scott Harris, Shawn Mendes e Geoffrey Warburton
  • “The Joke,” Brei Carlile, Dave Cobb, Phil Hanseroth e Tim Hanseroth
  • “The Middle,” Sarah Aarons, Jordan K. Johnson, Stefan Johnson, Marcus Lomax, Kyle Trewartha, Michael Trewartha e Anton Zaslavski
  • “Shallow,” Lady Gaga, Mark Ronson, Anthony Rossomeo e Erew Wyatt
  • “This Is America,” Donald Glover e Ludwig Göransson

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comente pelo Facebook

Cesar Monteiro

Publicado por Cesar Monteiro

Um viciado em cultura pop que adora compartilhar seu vício com o maior número de pessoas possível