Game XP 2019: Palco Gênesis estreia com Anavitória | Música | Revista Ambrosia
em ,

Game XP 2019: Palco Gênesis estreia com Anavitória

Nem só de games vive a Game XP. Uma das novidades nesse segundo ano como um evento independente, foi o espaço para a música, o palco Gênesis. Ali, parecia que o pândega gamer abrigava um pedacinho do Rock In Rio, onde tudo começou, em 2017. O Gênesis tem um pouco da cara do Palco Sunset. Justamente, pois seus curadores são Zé Ricardo, responsável pelo Sunset e Palco Favela, e Cláudio Rocha Miranda (New Dance Order, do Rock In Rio).

Quem abriu os trabalhos foi a dupla Anavitória. Com um séquito fiel de seguidores, as duas são hoje uma coqueluche entre os jovens hipsters. E muitos desses abandonaram as atrações do Game Park para vê-las.

Com um show redondo em um pouco mais de uma hora, enfileiraram canções que fazem a cabeça da meninada alternativa como ‘Trevo (Tu)’ e ‘A Gente Junto’. As garotas tiveram boa recepção do público, sobretudo do gargarejo, onde se concentravam os fãs da dupla. Além das belas vozes, elas tocam instrumentos – Ana Falcão toca guitarra e Vitória percussão – e são acompanhadas por uma banda competente.

Após a apresentação dos músicos, foi a vez de ‘Chamego Meu’, do álbum de estreia de 2016 que leva o nome da dupla, ‘Pupila’ e ‘Ai Amor’. Encerrando a apresentação, elas tocaram o single ‘O Tempo é Agora’, que levantou o público iniciado e já contagiava os recém-conquistados. A simplicidade e espontaneidade característica das duas combinou com o finalzinho da agradável tarde de inverno carioca.

Após o show, vieram o DJ Myst e a dupla Cat Dealers, formada pelos brasileiros Lugui e Pedrão. Com passagem pelo Rock In Rio e Lollapalooza, eles são criadores dos hits ‘Your Body’ e ‘Gravity’.

A última atração do primeiro dia de Palco Gênesis foi a Nova Orquestra, formada por 32 músicos, que fez versões de temas clássicos de games. No repertório, Street FighterMortal KombatSuper MarioTetrisPokémon e Assassin’s Creed. O arranjador Luiz Gustavo Zago explicou ao site Omelete a escolha do repertório. “Tem muita coisa maravilhosa sendo produzida em trilhas e buscamos desde clássicos, como Sonic, até recentes, como Halo”. Sobre a apresentação em movimentos, Luiz comentou: “Busquei fazer uma suíte, um concerto com cinco movimentos reunindo as trilhas com uma ação e história próprias”.

Ao final, o regente Éder Paolozzi , trajando uma camiseta do PacMan por baixo do paletó, agradeceu ao público e prometeu uma surpresa, que veio na forma da Sinfonia n.º 5 de Bethoven, com fogos de artifício anunciando o fim do primeiro dia de atividades no game park. A Game XP vai até domingo, dia 28 de julho.

Deixe sua opinião

Publicado por Cesar Monteiro

Miles Davis – confira a inédita Paradise, que antecipa 'disco perdido' | Lançamentos | Revista Ambrosia

Miles Davis – confira a inédita Paradise, que antecipa ‘disco perdido’

Dulcineia Enferrujada valoriza os encontros com a natureza no novo single “Rainha do Mato” | Música | Revista Ambrosia

Dulcineia Enferrujada valoriza os encontros com a natureza no novo single “Rainha do Mato”