em

Guns N’ Roses e Axl Rose: Separados pelo ego

Essa semana me veio a vontade de ouvir Guns n’ Roses e já que eu estou com ela na cabeça, resolvi falar um pouco sobre o porque uma banda com essa chegou até onde chegou e simplesmente depois disso afundou para nunca mais se reerguer.

guns-n-roses

Sexo, mulheres e muita droga, estes fatores sempre fizeram parte da vida de famoso de todos os membros da banda. O primeiro baterista, Steven Adler, foi demitido por simplesmente estar usando tanta cocaína e heroína que tornava impossível dele tocar o instrumento durante as gravações de Use Your Illusion. Duff e Slash normalmente entravam totalmente chapados de álcool e drogas nos shows, provocando cenas absurdas nos palcos, isso sem contar na atitude ensandecida de Axl que por vezes causava irritação e revolta nos fãs e em seus companheiros de banda.

Ainda, temos de levar que a banda teve seu ápice de fama no período que vai de 1988 a 1993 quando foi lançado The Spaguetti Incident, um álbum de covers punk rock que a crítica destruiu, mas os fãs adoraram. No ano anterior, a banda passou pelo Brasil com a Use your Illusion World Tour em Dezembro de 1992 com 2 shows em São Paulo e um no Rio de Janeiro, e terminou em Julho de 1993 em Buenos Aires, Argentina.

Este foi o último show da banda com Slash, Duff, Sorum e Clarke na formação. Após isso, começou a queda.

axl rose

Axl foi processado por sua ex-esposa, a modelo Stephanie Seymour (que interpreta sua noiva no clipe de November Rain) devido a uma suposta agressão. Em 1994, Gilby Clarke foi demitido por Axl sem consultar Slash (que o havia trazido para a banda). Slash sai da banda em 1996 depois que Axl o impediu de colocar novas músicas no próximo álbum da banda. Com essas músicas e novos músicos, ele monta o Slash’s Snakepit. Matt Sorum e Duff saem logo em seguida, deixando apenas Axl na banda.

Percebe-se que em momento algum a banda teve qualquer tipo de paz entre seus membros, os que estavam chapados demais incomodavam os que se achavam demais, ou era uma somatória de tudo isso. Axl se incomodava quando alguém tentava pegar seu lugar de destaque. Havia claramente uma guerra fria entre Axl, Duff e Slash, um querendo aparecer mais que o outro, sendo que Axl, como cantor, tinha essa função mais cristalizada entre os fãs.

O próprio Axl vivia dando festas e orgias para os amigos, gastando centenas de milhares de dólares por noite em mulheres e drogas. Porém, esse tipo de atitude rebelde sem calça custou caro a Axl. Após o fim da banda, ele teve de passar por uma clínica de reablitação e antes mesmo disso, a banda se esfacelou com cada um indo para seu canto, gravando discos solos e tudo mais.

Aproveitando a vida

Hoje em dia, se comenta da possibildade de uma reunião da formação original, mas o próprio Axl, detentor dos direitos sobre o nome da banda, disse que não tem interesse nisso. Desta forma, os outros membros acabam se reunindo, Duff e Sorum tocam com Slash no Velvet Revolver. Só que, estranhamente, aquela harmonia que se via na banda antiga não se repete com os membros separados. É algo de se estranhar. Todos os projetos solos dos membros da banda, até mesmo da própria banda, nunca mais foram sucesso.

Chinese Democracy demorou uma cara para sair no mercado e a recepção do público e crítica foram de estranheza. O disco parecia uma viagem no túnel do tempo. Havia sons que lembravam o final dos anos 90 quando o rock estava tendo surtos industriais com Tool e Nine Inch Nails, músicas mais calmas, músicas com batidas mais atuais, mas nada se parecia com o que se ouvia e se dizia ser Guns n’ Roses. Basta pegar discos como Appetite for Destruction, Lies e Use Your Illusion que se percebia que aquele disco era da banda. Chinese Democracy parece uma anarquia musical, onde ninguém é de ninguém e Axl tenta mandar em todo mundo.

Em uma entrevista recente, quando perguntado sobre seus solos, Slash dizia que quando gravava eles em estúdio, tendia a odiar todos, mas, como alguns deles são eleitos em listas de melhores solos da história do rock, quem é ele para falar qualquer coisa. Em verdade, cada um dos membros antigos era parte importante na criação das músicas, isso sem contar na participação de Mike Clink, produtor de 5 albuns da banda, que somados venderam mais de 90 milhões de cópias.

A união daquelas mentes pensantes e chapadas com tanta droga que criou aqueles grandes álbuns. Hoje em dia, infelizmente, graças ao ego de Axl e o desconforto que ele causa a seus ex-companheiros de banda, só nos resta ouvir os clássicos do Guns e lembrar que um dia, essa banda dominou o mercado fonográfico e influiu milhões e milhões de pessoas pelo mundo.

J.R. Dib

8 opinaram!

Deixe sua opinião!
  1. Muito bom o texto… e saudoso tbem… “…só nos resta ouvir os clássicos do Guns e lembrar que um dia, essa banda dominou o mercado fonográfico e influiu milhões e milhões de pessoas pelo mundo.”
    É isso aí amigão! Resta a todos nós que vivenciamos esses dias, esses anos gloriosos.

  2. Eu adoro o G’n’R!!!

    Pena que depois do spaghetti tudo acabou…

    Nem me dei o trabalho de ouvir o chinese ou os projetos solos dos outros integrantes.

    O G’n’R de Apettite for Destruction, Lies, Use Your Ilusions I & II e do Spaghetti Incident permanecerá intacto na minha memória!!!

  3. Cara, pra mim tudo meio que acabou. Eu conheci GNR com 10 anos. Hoje tenho 14. Mas eu não consegui viver a época do Guns… e daria TUDO para vivencia-la. Antes o Axl era tudo pra mim. Lindo, gostoso, com aquela voz, e aquela disposição no palco. Mas agora, ele fez essas cirurgias plásticas que acabaram com toda sua beleza… choro só de pensar. Agora está gordo, sem disposição, feio, e com a voz muito mais fraca. Queria voltar no tempo, ir em um show, e impedir todos os erros do Axl. Mas não dá. Então só nos resta ouvir os clássicos do Guns e lembrar que um dia, essa banda dominou o mercado fonográfico e influiu milhões e milhões de pessoas pelo mundo. Axl ♥

  4. Até é legal teu texto, mas achei que faltou informação. Com certeza absoluta o ego do Axl foi o principal fator para o fim da primeira geração do Guns, mas longe de ter sido só isso. Faltou mencionar o Izzy Stradlin e que a saída dele sempre foi apontada como um dos fatores para a queda criativa do Guns (inclusive a demissão do Clarke foi justificada pelo fato dele não contribuir criativamente na composição de novas músicas – lógico que o Axl tb queria colocar um amigo dele pra tocar no lugar do cara, mas de qualquer forma ninguem da banda nunca discordou que o Clarke não tava se ajustando em novas composições). Slash, Duff e Sorum sempre usaram drogas em excesso,o que provocava uma richa dentro da banda (alguns shows que Axl parou de se apresentar do nada foi devido ao estado de seus companheiros de banda – o que deixava os 3 babando de raiva). Houve excesso de gastos por parte dos produtores dos shows (com o aval de todos os integrantes, que deram carta branca pro loko fazer o que queria), que fez com que a turne do Use Your Illusion obtivesse, de fato, um lucro muito baixo para a banda. E, por fim, total dificuldade de relacionamento entre eles e com os produtores musicais da Geffen.
    Geralmente o Axl Rose é apontado como culpado, mas é ingenuidade pensar que a culpa é exclusivamente dele. Se o cara conseguiu tamanha influencia dentro da banda é pq os outros tavam cagando e andando, mais preocupados com drogas ou seja lá o que faziam do que de fato com a gerencia da banda. É fácil enxergar as cagadas do Axl pq são de um comportamento completamente delirante (o cara é completamente demente), mas todos os integrantes eram destrutivos em suas vidas e nos rumos da banda, o que permitiu a um demente ser o único a se preocupar com isso (razão pela qual Rose tem direito ao nome e tudo o que diz respeito a banda até hoje). É triste que tenham terminado de trabalhar juntos, pq os caras criavam músicas muito boas (o 4 discos de originais que lançaram possuem uma qualidade absurda). E mais triste ainda que fique claro pelo Chinese Democracy, ou pelos discos do Velvet Revolver e pela carreira solo do Stradlin que eles só funcionam de verdade quando em conjunto.

  5. Sem comentários amo todos eles e fico triste qd sei que Slash ,Duff,Steven(Ele fez um sucesso legal em Sao Paulo dia 08/05 o cara émuito carismático legal aoextremo sei qu les ficaram com sequelas de seus vicios)Amo Axl jamais farei qualquer comentário ruim sobre eles , a herança musical que eles nos deixaram que inclusive eu tiveo o prazer de ter idade na época para curtir e acompanhar ja me bastam…tenho todos os cds dvds camisa ,botons,chaveiro,boné ,bandeira ,tudo original , tenho o livro de Slash que qem le entende o que realmente foi Guns n Roses,como foi fica e casa de cada um seus parentescos,Ola a mae do meu querido Slash irmão de Esch se foi em julho uma referencia total na vida deles,Axl teve seus problemas familires melhor pular ,Duff é de uma familia de 12 irmaos são musicos ,mas era meio que candidato a Axl de leve sem chance AXL nasceu com 06a07 tibres de voz insuperável…Só não gosto do Matt Sorum…sei que Steven Adler além de fazer parte da familia original tem talento ,Matt pode ter talento mas não para GUNS.Definitivamente Amo o Guns mas a união deles agora seria um desaste completo ,eles quando na maior roia começando Izzy não tinha paciencia para suportar as fraquezas dos amigos nem as dele imagine agora que tem filhos ,esposas ,são ricos cada um a sua maneira aí é que a tolencia vai para saco,não será mais briga de EGO será ECO vai dar nojo até escutar…Deixem os meninos quietos separados eles vem demonstando talentos próprios muito legais…

  6. pessoal isso tudo realmente foi maravilhoso, foi um tempo em que nós vivemos que jamais voltará,particularmente para mim, me chamo fernando tenho 42 anos, acompanhei os show dos GUNS N ROSES no rock in rio 2 em são paulo e no rio, foi ótimo,mas isso não importa mais,o que adianta continuarmos dando fortunas de dinheiro para esses caras se eles não estão nem ai, conheci o trabalho de AXL em 1983 quando viajei para SEATTLE nos estados unidos, AXL ainda participava do HOLLYWOOD ROSE , mas esse tempo acabou , meus filhos amam os GUNS N ROSES mas pena que isso acabou…….
    saudades de NIGHTRAIN WE ARE MOTHER FUCK S ……..(axl dizia isso muito em seus shows,principalmente em nova york cidade que ele odiava)
    abração galera do rock!

  7. amo o guns original ouço quase tds os dia e n enjoo, é bom demais,só queria q eles s unissem denovo,para alegria d seus fãs,mas acho q isso n vai ser possivel infelizmente,pq a treta é feia viu,(só nos resta ouvir os clássicos do Guns e lembrar que um dia, essa banda dominou o mercado fonográfico e influiu milhões e milhões de pessoas pelo mundo) PURA VDD, VCS DEIXARAM SDDS!!!!

Deixe sua opinião

Cinema em Casa: A Volta dos Mortos Vivos

Ridley Scott retorna à “Alien”