Ju Santana brinca com estereótipos em Lugar de Homem

Artista anuncia o EP de estreia, “Meu Lugar”

10
0
Ju Santana

Ju Santana olha com bom humor para os papéis de gênero na sociedade e cria um samba empoderador. “Lugar de Homem” reverte as expectativas sobre o masculino e coloca a mulher na posição de receber carinhos, cuidados e comida pronta do companheiro. O single já está disponível nas plataformas de música e o clipe, no canal de YouTube da artista.

A faixa anuncia o EP “Meu Lugar” e solidifica sua mescla de estilos musicais para abraçar as múltiplas facetas da mulher brasileira. É o caso do primeiro single, “Modo Swing”, que sintonizou inspirações do bregafunk ao lambazouk. Agora, Ju traz um olhar pop com elementos eletrônicos para o samba.

“Lugar de homem é uma brincadeira com a ultrapassada frase ‘Lugar de mulher é na cozinha’, que depois se reverteu para ‘Lugar de mulher é onde ela quiser’. Vi no Facebook, anos atrás, uma foto postada por uma amiga, do namorado cozinhando para ela, com a legenda irônica ‘Lugar de homem é onde ele quer’. Pensei comigo: isso dá um caldo. A partir dessa inspiração comecei a escrever os versos do refrão, colocando o homem numa atitude de cuidado dentro da relação amorosa, no ambiente doméstico, que usualmente não lhe é exigida, nem cobrada socialmente”, relembra. 

Essa foi a inspiração para o refrão que faz parte do divertido diálogo entre uma mulher e o Zé, chateado com o sumiço do amigo que agora só tem tempo para ela. Esse bom humor transborda para o clipe. A inspiração do look de Ju Santana foi a personagem Norminha, interpretada por Dira Paes em Caminho das Índias, novela de Glória Perez transmitida em 2009 pela Globo.

A direção artística do videoclipe é de Carina Rocha. A música, cuja produção foi assinada pelo trio de produtores RevBeats (calli./Moitz/Pedro Duque), teve a participação do cantor Luck, que vem se destacando na cena pop e hoje participa do projeto #EstudeoFunk, da Fundição Progresso. O clipe teve também a participação do dançarino Plácido Leite. “Lugar de Homem” abre uma nova página na história de Ju Santana, uma artista cada vez mais dona de sua própria voz – o que fica claro no EP a ser lançado em breve. 

“‘Meu lugar’ é uma conquista interna. É sobre me sentir segura, saber o que quero e principalmente, o que não quero. É sobre o empoderamento que se desdobra na ocupação de espaços externos, dos bares, das ruas, de tudo que amo e faz meu corpo vibrar. Meu lugar é onde eu quiser. Todas as músicas trazem o movimento, a dança, o corpo, o prazer, como fios condutores da narrativa e dos ritmos escolhidos”, ela resume. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *