Madeleine Peyroux retorna ao Brasil com a turnê “O melhor de Madeleine Peyroux”

Madeleine Peyroux retorna ao Brasil com a turnê "O melhor de Madeleine Peyroux" – Ambrosia
A artista se apresenta dia 27 de setembro no Teatro Guaíra Crédito: Eric Morgensen

A cantora e compositora americana Madeleine Peyroux aterrissa no Brasil para seis apresentações com a turnê “O melhor de Madeleine Peyroux”.

A nova turnê traz ao público os sucessos dos quase 20 anos de carreira da cantora, além das músicas mais recentes, escritas por ela nos últimos 10 anos. O show traz também faixas dos catálogos Atlantic e Decca/Emarcy. Como marca registrada, nas músicas, Peyroux mistura jazz, blues, folk, soul-funk e pop. “O programa é um documento vivo de suas metamorfoses artísticas. The Best of Madeleine Peyroux combina o pungente com o charmoso, o antigo com o novo e os amados clássicos com as composições originais”, destaca Dauelsberg.

Madeleine traz a energia de Leonard Cohen (“Dance Me to the End of Love”), Bob Dylan (“You’re Gonna Make Me Lonesome When You Go”), Charlie Chaplin (“Smile”), Edith Piaf (“La Vie en Rose ”), ou do cantor pós-punk Elliott Smith (“Between the Bars”), sempre de forma sedutoramente cautelosa, respeitosa e cristalina. À frente dos vocais e da guitarra, Madeleine Peyroux divide o palco com  Andy Ezrin nos teclados, Barak Mori, no baixo e Graham Hawthorne na bateria.

Além de Curitiba, a cantora passa pelo Rio de Janeiro (25/09), Porto Alegre (29/09), Brasília (1.o/10), Belo Horizonte (03/10) e São Paulo (04/10).

Serviço

O melhor de Madeleine Peyroux
Data: quarta-feira, 27 de setembro
Local: Teatro Guaíra, Curitiba – PR
Ingressos à venda no www.diskingressos.com
Mais informações: www.dellarte.com.br

Total
0
Links
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ant
“Teatro irlandês, deficiência e protagonismo” é tema de ciclo de leituras dramáticas
“Teatro irlandês, deficiência e protagonismo” é tema de ciclo de leituras dramáticas – Ambrosia

“Teatro irlandês, deficiência e protagonismo” é tema de ciclo de leituras dramáticas

As leituras acontecem no Teatro da Escola Superior de Artes Célia Helena

Prox
Em “Eu me amo (eu acho)”, Sabrina Guzzon aborda abuso e baixa autoestima em busca pelo amor
Em “Eu me amo (eu acho)”, Sabrina Guzzon aborda abuso e baixa autoestima em busca pelo amor – Ambrosia

Em “Eu me amo (eu acho)”, Sabrina Guzzon aborda abuso e baixa autoestima em busca pelo amor

Obra da escritora gaúcha é um lançamento da editora Paraquedas

Sugestões para você: