em ,

Morre Chester Bennington, vocalista do “Linking Park”

O vocalista do Linkin Park, Chester Bennington, foi encontrado morto em sua casa na Califórnia. De acordo com informações preliminares da polícia de Los Angeles, a causa da morte do músico de 41 anos foi enforcamento. Formada em 1996 em Agoura Hills, Califórnia, o Linkin Park teve seu auge no início dos anos 2000, com os álbuns “Hybrid theory” e “Meteora”. Na época, o grupo emplacou seu nü metal, com músicas como “Faint”, “In the end”, “Crawling” e “Numb”. Tornou-se uma das principais referências roqueiras para a atual geração.

A morte de Chester já está sendo investigada como suicídio. O vocalista lutou por anos contra drogas e álcool, e chegou a dizer em uma entrevista que já havia pensado em suicídio porque foi abusado quando criança por um homem mais velho. Ele era próximo de Chris Cornell, que também se suicidou esse ano.

No primeiro semestre o Linkin Park havia lançado seu último álbum “One More Light”, e veio ao Brasil como atração do Maximus Festival. Nascido em Phoenix, no Arizona (EUA), Chester começou a carreira na banda grunge Grey Daze. Depois, se juntou ao LP – que, na época, ainda se chamava Xero. Também tocou no projeto paralelo Dead by Sunrise e foi vocalista do Stone Temple Pilots. Chester deixa uma viúva e seis filhos. Por ironia do destino, foi lançado hoje o videoclipe da música ‘Talking to Myself’.

Deixe sua opinião

Confira o teaser trailer de “Pacific Rim: Uprising”

“Transformers: O Último Cavaleiro” mantém rotina tediosa de destruição cinematográfica