em

Morre Otis Rush, um dos maiores nomes do blues

Numa sequencia de perdas na música, poucos falaram (no Brasil) sobre a morte de Otis Rush, autor de vários clássicos do blues

Um dos grandes nomes do blues, ídolo de músicos como John Mayall, Eric Clapton e Jimmy Page, e autor de clássicos como All Your Love e Double Trouble — gravadas, em vários momentos de sua carreira, por Clapton — Otis Rush morreu no último dia 29.

Com perdas no cenário musical como as de Ângela Maria, Tito Madi e Charles Aznavour, foi pouco o espaço dado pela grande mídia brasileira ao bluseiro, morto aos 84 anos (por complicações de um AVC sofrido em 2003).

Rush iniciou a carreira nos anos 50, inspirado por gente como Muddy Waters e Howlin ‘Wolf, levando uma verta modernidade ao som do blues de Chicago, principalmente com sua ótima técnica na guitarra.

Reconhecimento do outro lado do Atlântico

Otis Rush ganhou reconhecimento mundial nos anos 60, quando John Mayall & the Bluesbreakers (com Eric Clapton na guitarra) gravaram a sua versão de All Your Love (I Miss Loving), em 1966.

Outro momento de reconhecimento da importância e da qualidade da obra de Rush foi a inclusão da canção I Can’t Quit You, Baby no álbum de estreia do Led Zeppelin (1969). Vale lembrar que a mesma canção foi resgatada pelos Rolling Stones em seu álbum Blue and Lonesome (2016).

R.I.P. Otis Rush

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

Publicado por Fernando de Oliveira (feroli)

Jornalista com passagens pelas editorias de tecnologia, cidade e cultura. Viciado em jornalismo online, cinema e, principalmente, (boa) música.