em ,

Música é Direito – canal trata de direitos autorais no Brasil

“O Brasil segue em meio à discussão sobre o pagamento aos autores, intérpretes e músicos no streaming”

Felipe Radicetti: um dos apresentadores do programaDefensores dos artistas independentes no Brasil através do Selo Zênitha Música chamam a atenção para regulamentação do pagamento aos autores, intérpretes e músicos no streaming. O programa Música é Direito, exibido mensalmente ao vivo pelo Canal YouTube Música de Propósito, no dia 22 de julho, quarta-feira, às 19 horas, vai discutir o tema aprovado na França, muito além da realidade do país brasileiro.

“Como já sabemos, a situação é insustentável para todos, não apenas no Brasil”, comenta Felipe Radicetti (cantor, compositor, organista e criador de trilha sonora para cinema, teatro e TV), um dos apresentadores da atração ao lado da cantora, compositora e produtora Marianna Leporace e da advogada Vanisa Santiago. O público pode participar com perguntas pelo chat.

Convidados: humorista, compositor, produtor musical e pianista Tim Rescala (Associação Brasileira de Compositores para Audiovisual – Musimagem Brasil) e o advogado de direitos autorais Frederico Lemos e Mario Sergio Campos (Diretor de Arrecadação do ECAD).

Recentemente, a França aprovou um acordo legal para pagamentos mínimos de royalties de autor pelos produtores fonográficos (French Agreement on Streaming). Já na Bélgica, o debate é sobre o justo pagamento de direitos conexos no digital.

 

Mais informações: Música é Direito

Dia 22 de julho, quarta-feira, às 19 horas

Programa mensal ao vivo pelo Canal YouTube Música de Propósito

Produção do Selo Zênitha Música

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

#Lançamento'22 Circuito Ambrosia