em

O Ataque Massivo de Nicki Minaj

Capa de Pink Friday

Com melodiosas e rápidas líricas a rapper trinidiana Nicki Minaj de repente desponta como uma promessa nas rádios deste ano com um “Massive Attack”: Várias surpreendentes parcerias com grandes nomes do rap e R&B, uma lírica rap única e singles com pegajosos e ótimos samples.

I’m the Best” é a música que abre Pink Friday, seu álbum de estréia, servindo como uma introdução da cantora, o seu percurso até o êxito de lançar o seu primeiro álbum depois de muitos mixtapes. ( “As Young Money, Cash Money, yeah I’m Universal”) Depois de começar a lançar alguns EPs a partir de 2007, ela chamou a atenção de Lil’ Wayne e seu selo Yong Money Records – subordinado da Cash Money Records, que por sua vez está sob os títulos da mainstream Universal Motown – que a incluiu em uma turnê de seu álbum colaborativo para promover a gravadora, o We Are Young Money. A partir destes episódios, a carreira de Minaj deslanchou, conquistando as paradas em aparições vocálicas com muitos rappers e seus hits pop.

Pink Friday é notável pela harmoniosa junção suave e decidida da lírica rap, rápida e sagaz, com uma lírica melodiosa nos refrões; da capacidade de Minaj alterar seus tons diferenciando o material, fazendo o seu rap articulado e singular. Na canção Fly, com colaboração de Rihanna, pode-se ver: Rihanna, a melodia calma e Nicki metralhando o seu rap; há também “Save Me” com um rap lento, mas sem sair da lírica. As letras como todo rap atual, explodem na cultura popular comercial fazendo referências a marcas e nomes conhecidos, mas falam muito de superação e luta, chegar a um ponto alto e se equilibrar para não se perder ou perder coisas importantes, como em Right Thru me, Save Me e Your Love. Já Check It Out, com Will.I.am, descreve todo o barulho da ascensão de Nicki Minaj. Canções como Here I am e Dear Old Nick são mais pessoais, frágeis e  monólogas, porém Nicki revela sua ambição em – hit exclusivo para o Itunes –  Girls Fall like Dominos: ela expressa o seu desejo de superar todas as outras garotas e estrelas da fama, de estar por cima, ser a melhor.

O som do álbum é dançante e reflexivo – quando Nicki fala de si – devido a seu esquadrão de rappers, como as características batidas eletrônicas de Will.I.am e Kanye West (parceiro em Brazin) e samples de sucessos de anos ou décadas anteriores, além dos corais, ecos e mixagens, sendo Your Love o seu primeiro single.

A imagem de Nicki Minaj também respalda o seu sucesso popular: uma Barbie negra, cheia de cores, poses e expressões faciais  – e em seus vídeoclips e apresentações podemos atestar isto.

Minaj neste álbum não foge de um estereótipo de ser a garota da vez, aparentando dar tudo de si neste primeiro trabalho e não ter nada mais a mostrar, mas não sabemos o futuro e Nicki Minaj tem um rap interessante e gostoso para oferecer agora.

Pequena lista de samples usados pela cantora em seu disco:

Check it Out – Video Killed The Radio Star (The Buggles)

Your Love – No More I Love You’s (Annie Lennox)

Girls Fall like Donimos – Dominos (The Big Pink)

Right Thru Me – Always With Me, Alwyas With You (Joe Satriani)

Lista do álbum:

  1. “I’m the Best”
  2. “Roman’s Revenge” (featuring Eminem)
  3. “Did It on ‘em”
  4. “Right thru Me”
  5. “Fly” (featuring Rihanna)
  6. “Save Me”
  7. “Moment 4 Life” (featuring Drake)
  8. “Check It Out” (featuring will.i.am)
  9. “Blazin” (featuring Kanye West)
  10. “Here I Am”
  11. “Dear Old Nicki”
  12. “Your Love”
  13. “Last Chance” (featuring Natasha Bedingfield)
  14. Itunes.      “Girls Fall Like Dominoes”

Participe com sua opinião!