Oruã faz financiamento coletivo para nova turnê internacional

14
0

A banda Oruã, com mais de 120 shows fora do país nos últimos 3 anos, lançou uma campanha de crowdfunding para financiar os gastos para uma nova turnê pelos Estados Unidos. Atualmente trabalhando no seu quarto álbum, eles criaram uma campanha no GoFundMe para financiar burocracias e logísticas. 

“Para voltar a fazer turnês nos Estados Unidos, especificamente no próximo verão, precisamos pagar por um novo visto para Phill (que custa sozinho 4.000) e algumas taxas para renovar os meus, de Bigú e de João. Além desses custos, também precisamos de passagens aéreas. A quantia que estamos pedindo nesta campanha é suficiente para nos permitir viajar para os EUA e trabalhar em paz. Durante as últimas viagens, passamos horas fazendo contas e calculando números para tentar voltar para casa com pelo menos algo que nos permitisse sobreviver por um tempo”, adianta Lê Almeida (vocal/guitarra), que forma a banda com Phill Fernandes (bateria), João Casaes (sintetizadores) e Bigú Medine (baixo). 

O grupo combina elementos de post-punk, krautrock, guitarra brasileira e noise. Formado na cena independente do Rio de Janeiro, realizou algumas turnês internacionais onde foi descoberto por Doug Martsch, líder da banda americana Built to Spill, o que fez com que Lê e Casaes colaborassem ativamente do último álbum “When the Wind Forgets Your Name”. Os brasileiros gravaram e mixaram no disco.

A discografia da Oruã se iniciou ainda em 2017, com o álbum de estreia “Sem Bênção / Sem Crença”, seguido por “Romã” (2019) e “Íngreme” (2021). Durante sua jornada, o grupo acompanhou de perto tanto a ascensão do extremismo político no Brasil quanto uma crescente consciência racial no país. Essas experiências moldaram sua música e os levaram a explorar novos territórios sonoros, levando Oruã a conquistar o mercado estrangeiro e fãs com sua mistura de influências brasileiras e rock experimental.
O que sobrar da campanha, será usado para seu novo álbum. “Qualquer dinheiro extra arrecadado além do que precisamos agora será destinado ao novo álbum que estamos terminando. Começamos a gravar em 2022 e continuamos fazendo isso em vários lugares ao redor do mundo. Convido calorosamente todas as pessoas que sempre admiraram meu trabalho a colaborar e espalhar esta mensagem”, conclui Lê Almeida.

Confira a campanha: https://www.gofundme.com/f/help-orua-tour-in-us 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *