em

Turnê “Verdade Uma Ilusão” consagra a depuração artística de Marisa Monte

Gosto do espetáculo. E por isso dou tanto valor à cultura Pop que, invariavelmente, torna sua essência uma expressão da espetacularização.

Até mesmo para (em alguns casos) camuflar sua própria falta de essência que valha. Mas quando o show está inteiramente à serviço da arte pura e simples, legitimada em seu universo, a catarse é ainda mais nivelada pela precisão da emoção. O show “Verdade uma ilusão”, da sempre competente Marisa Monte, explicita esse quase paradigma. Marisa é uma artista de domínios. Domínios vocais, de repertório, de sua própria carreira e, claro, de seu show, onde transforma seu ofício numa espécie de Ágora poética de si. Com um repertório que tangencia sua abrangência musical (sambas, pop e até um clássico italiano), a cantora busca a sensorialidade que já costuma persuadir com sua voz, agora com apoio tecnológico de projeções mapeadas e provocações artísticas de grandes nomes da arte contemporânea brasileira.

O resultado é um encantamento que substancializa o encontro entre público e a melodia sonora com que Marisa transfere, transformando tudo numa ligação mútua de sentimentos. O repertório também ajuda nesse lirismo indo de novos à velhos hits consagradores como Beija Eu, Velha Infância, Gentileza e (num momento de literal poesia) Diariamente. É o espetáculo dos afetos, da incômoda assimilação e da certeza de que Marisa é um cantora que sabe agregar valor à arte que professa, e ainda joga luz sobre isso para ilustrá-la, em vez de só promovê-la. O mundo anda carente de momentos assim. Marisa Monte não faz da Arte um mero placebo. Ela desconstrói a superficialidade dos holofotes para fazer da noção de show uma experiência para a vida. E como ela canta na canção homônima Verdade uma ilusão (um dos momentos mais lindos e incríveis do show), “O amor soa em minha voz!”… Pois soou, replicou e deixou a sensação de ter visto um dos melhores espetáculo que já vi na vida. Pela cantora em si, pela alegoria que evoca com sua música e pela habilidade impressionante de sensibilizar até a nossa perplexidade. Imperdível!!!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=v1sigYjNQFA[/youtube]

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Renan de Andrade