Cultura colaborativa! Participe, publique e ganhe pelo seu conteúdo!

Vinícius Duran lança xote “Pau-Brasil” com Tata Alves

Depois de falar sobre questões sociais de um Brasil desigual, Vinícius Duran mergulha no doce sabor de junho com o single “Pau-Brasil”, um xote que explicita a sua veia musical brasileiríssima e diversa – porém sem abrir mão de sua potente voz de compositor que dialoga com os dilemas do país. O artista paulistano está antecipando seu primeiro álbum, “Palavras Marginais”, e a nova música se soma ao samba e ao samba-reggae de “Bandeira Vermelha” e “Moída” nas plataformas de música.

“Pau-Brasil” é um xote feito pra dançar agarradinho. Com melodia leve e arranjo surpreendente, que leva a canção de um forrozinho bem brasileiro para um reggae repleto de arranjos de metais, o autor passa por temas difíceis da realidade de seu povo, como a fome e a ascensão de um líder espúrio ao poder. Os versos de temática ácida preparam o terreno para um refrão de esperança e luta, onde o compositor indica esse próprio povo sofrido como a chave para a mudança dos destinos da nação. A música tem participação especial de Tata Alves e arranjos de Renato Enoki.

Conheça o artista:

Vinícius Duran prepara os primeiros passos de sua carreira solo após uma vida inteira dedicada à música. Os sons da zona leste de São Paulo, onde cresceu, povoam seu imaginário, indo da MPB ao samba. Na adolescência, conheceu o rock, aprendeu a tocar violão e passou a integrar a banda de pop rock Atomix. Depois de um hiato da música, que o levou à faculdade de Rádio e TV e a fundar a Rústica Produções, voltou a atuar como instrumentista com um repertório misto de autorais e releituras.

Em seguida, passou a frequentar a Ala de Compositores do Kolombolo e a Comunidade do Samba da Vela, reconhecidos celeiros de compositores da capital paulista. Em 2018 fundou Fiat Lux, grupo de samba e pesquisa que busca defender músicas e compositores que não tiveram o devido reconhecimento pela indústria mainstream. Com repertório que inclui nomes como Talismã, B. Lobo, Toinho Melodia e Douglas Germano, o grupo teve em 2019 uma pequena turnê de apresentações em Salvador, na Bahia, onde tocou em lugares icônicos, como a Casa de Mãe.

Como compositor, Vinícius Duran teve “Filho”, uma parceria com o amigo Nico Antônio, selecionada para o Festival Musicanto, em 2018. A música foi defendida pelo grupo Nico Antônio e os Filhos do Mar, que posteriormente a incluiu no repertório do disco “O Paquiderme”, lançado em 2021.

O álbum:

Agora, Vinícius se prepara para lançar seu primeiro trabalho solo, o disco “Palavras Marginais”, que conta com 10 canções autorais mesclando as diversas influências do artista. O álbum tem produção musical de Renato Enoki e conta com a participação de músicos como Henrique Araújo, Júlio César e Allan Abbadia, e será lançado em breve. Enquanto isso, é possível ouvir “Bandeira Vermelha”, “Moída” e “Pau-Brasil” nas principais plataformas.

Crédito da foto: Luan Cardoso

Ficha técnica

Músicos:

Vinícius Duran: violão e voz.

Tata Alves: voz (participação / feat).

Flora Poppovic: coro.

Marina Siqueira: coro.

Cadu Ribeiro: coro.

Gregory Andreas: coro e cavaco.

Renato Enoki: Arranjos, guitarra e contrabaixo.

Júlio César: Percussão geral.

Allison Lima: Percussão geral.

Cláudio Oliveira: Bateria.

Allan Abbadia: Trombone.

Marco Stoppa: Trompete.

Walter Pinheiro: Saxofone.

Pablo Moura: Sanfona.

Técnica:

Gravação banda base: Ricardo Martins (Estúdio Sambatá).

Gravação coberturas: Guilherme Lacerda (Biriguibam).

Edição e Mixagem: Pedro Romão.

Masterização: Maurício Gargel.

Arte da Capa: Løpz

Letra

o nosso povo sangra mais que pau-brasil

o coro come, o filho chora, a mãe não vê

e quanto mais o cinto aperta na barriga

mais eu quero outra vida bem juntinho de você

mas esse povo arretado se arredou

e apoiou a ascensão de um bicho vil

que cospe fogo pelas venta quando ladra

não fala nada com nada, “feice”, faca, fé, fuzil

por isso eu quero concorrer a presidência

ser doutor fazer ciência, poesia ou ser juiz

fazer feliz esse povo tão guerreiro e provar

que está no espelho a solução do seu país

Compartilhar Publicação
Link para Compartilhar
Publicação Anterior

Billie Eilish protesta contra decisão sobre aborto no Festival Glastonbury

Próxima publicação

We Were Never Here, de Andrea Bartz, será lançado no Brasil pela editora Alta Novel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia a seguir